Mudança revolucionária?

Discute-se, com apreensão, o sentido das mudanças propostas pelo Governo Lula. Serão cosméticas, como as encaminhadas por Fernando Henrique nos seus 8 anosde mandato, ou revolucionárias como a população espera? As alianças políticas estabelecidas pelo PT com sectores empresariais do Brasil não assustaram o povo que sabe não dispor ainda de força organizada para pretender a implantação de um governo popular nos moldes das revoluções socialistas do século XX.



Palestina a ferro e fogo

A Palestina está a ferro e fogo. Após um Natal sangrento que provocou a morte de pelo menos 19 palestinianos, assassinados por soldados israelitas, o ano de 2003 começou sob o signo da violência.

As forças de Israel atacaram e invadiram vários campos de refugiados na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, destruíram dezenas de casas e prenderam dezenas de palestinianos. Israel não necessitou de nenhum motivo para estas acções. Desde Novembro e até ao passado domingo que não se registava nenhum atentado suicida.

 



Electricidade, rendas de casa, portagens e seguros sobem
Ano novo, preços caros

Com a chegada do ano novo, o Governo entra a matar com novos aumentos em vários bens e serviços. A partir do dia 1 de Janeiro, a subida dos preços atingiu, para além das rendas de casa, as portagens, os transportes, os medicamentos e as contas de gás e electricidade. Trata-se quase sempre de aumentos muito acima da inflação, ou seja, 2003 será um ano em que os portugueses vão perder, ainda mais, poder de compra.