CDU responsabiliza EDP
CDU responsabiliza EDP

A CDU do Porto responsabilizou, na passada semana, a EDP pelas cheias verificadas no Porto e Gaia, acusando-a de ter tido oportunidade de diminuir significativamente o nível das albufeiras.

«Entre a cheia que ocorreu antes do Natal e o dia 3, o Rio Douro, na cidade do Porto, retomou praticamente o seu leito normal. Durante esse período, a EDP poderia ter diminuído significativamente o nível das diversas albufeiras», refere a CDU, em comunicado.

A CDU acusa a EDP de se ter subordinado a «uma lógica exclusiva de lucro privado (produção e venda de energia), pondo de lado a função regularizadora de caudais das barragens e causando, consequentemente, enormes sacrifícios às populações das zonas ribeirinhas e enormes prejuízos ao país».

No comunicado, a CDU refere que o deputado Honório Novo vai apresentar «um requerimento na Assembleia da República, exigindo ao ministro da Economia um cabal esclarecimento sobre a forma como a EDP geriu as barragens do Rio Douro».

Entretanto, o vereador da CDU na Câmara do Porto, Rui Sá, abordou este assunto na reunião camarária de terça-feira, «propondo uma tomada de posição que manifeste a indignação da cidade relativamente a este comportamento da EDP».

A CDU lamenta ainda que «a generalidade das companhias de seguros se recuse a efectuar seguros aos comerciantes que cubram prejuízos decorrentes das cheias».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: