No 1.º de Maio reafirma-se a força de Abril
PCP promove seminário internacional
Abril actual
No sábado, dia 24, a partir das 10.30 horas, o PCP realiza em Lisboa, no Auditório da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (Cidade Universitária), o seminário internacional «Os 30 anos de revolução portuguesa – a actualidade internacional das transformações e ideais de Abril».
O Seminário conta com a participação de representantes de partidos comunistas e outras forças progressistas da Alemanha, Angola, Brasil, Cabo Verde, Chile, Chipre, Espanha, França, Grécia, Guiné-Bissau, Índia, Itália, Moçambique, Palestina e República Checa (Boémia e Morávia).
Entre as inúmeras iniciativas do PCP e da JCP, que festejam o 30.º aniversário da revolução, incluem-se ainda a exposição «25 Fotos de Abril», (com fotos de Eduardo Gageiro e textos de 25 escritores), no edifício do Parlamento Europeu, em Bruxelas, de 26 a 29 de Abril, a edição de uma exposição, de um poster e de um DVD sobre Ary dos Santos, e um encontro de juventudes comunistas e progressistas europeias, em Almada, de hoje até domingo, sob o tema «Soberania, independência e direitos da juventude».

1.º Maio

«Afirmar Abril, pelo pão, pelo trabalho e pela paz», é o lema da CGTP-IN para o 1.º de Maio, que celebra 30 anos de liberdade exigindo «novo Governo, nova política», em praticamente todos os distritos e regiões autónomas. Em Lisboa, a manifestação do Dia Mundial do Trabalhador tem lugar a partir das 15 horas, do Estádio 1.º de Maio para a Cidade Universitária.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: