Grande comício na Atalaia
De punho bem erguido
Milhares de pessoas, abraçadas, a cantar hinos e a partilhar causas apaixonantes e profundas convicções. Punhos cerrados e firmes, bandeiras vermelhas agitando-se, alguns olhos, emocionados, humedeciam-se, enquanto das colunas do palco que tem nome de liberdade saíam os sons conhecidos e cantados, em uníssono, por todos: o Avante, camarada, A Internacional e A Portuguesa. Terminava assim o comício de encerramento da 28.ª Festa do Avante!.
A emoção era visível e justificava-se: era a Festa a chegar aos seus últimos instantes (depois de meses de intensa e esforçada preparação e de três dias de árduo trabalho para que tudo corresse pelo melhor), era a grandeza da causa pela qual se luta, a sua comunhão por tanta e tanta gente. E era a certeza de que, num qualquer dia, o futuro será pintado em tons de vermelho, de que a liberdade e fraternidade vividas na Atalaia se estenderão a todos os cantos do País nos restantes 362 dias do ano.
Momento maior da Festa dos comunistas, o comício foi mais uma vez uma vibrante demonstração de vontade de lutar e de confiança nessa luta, com os vários milhares de militantes e simpatizantes do Partido a ouvir atentamente as intervenções (que publicamos na íntegra nas páginas seguintes) – e a reagir a elas! – de Francisco Leitão, da direcção da JCP, do director do Avante! José Casanova e do secretário-geral do PCP, Carlos Carvalhas. Atrás, no palco, os membros do Comité Central do PCP, representações da JCP e da direcção da Festa do Avante! e os elementos das delegações estrangeiras, de partidos comunistas e outras forças progressistas, que, nos seus países, lutam por um futuro melhor para os seus povos.
Milhares de pessoas, abraçadas, a cantar hinos e a partilhar causas apaixonantes e profundas convicções. Punhos cerrados e firmes, bandeiras vermelhas agitando-se, alguns olhos, emocionados, humedeciam-se… Muitos não conheciam quem tinham a seu lado, unido por um abraço. Mas não era um estranho. Era um camarada!


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: