Salário mínimo espanhol sobe 4,5%
O governo espanhol acordou com os sindicatos um aumento do salário mínimo interprofissional (SMI) de 4,5 por cento, em 2005, passando o seu valor para 512,8 euros mensais.
Até final da legislatura (em 2008), a actual maioria socialista comprometeu-se elevar para a remuneração mínima legal para 600 euros. Neste sentido, o acordo alcançado na segunda-feira, prevê que em 2006 e 2007 o SMI seja aumentado acima da taxa oficial de inflação verificada no ano transacto e da evolução do salário médio em Espanha.
A última subida do salário mínimo ocorreu em Junho passado 6,6 por cento, para 490,8 euros mensais e 6.871,2 por ano.
O SMI espanhol continua abaixo da maioria dos estados membros, à excepção dos dez países do alargamento e de Portugal.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: