«Os Verdes» apresentam projecto de recolha de óleos alimentares
O Partido Ecologista «Os Verdes» propôs, anteontem, na Assembleia Municipal de Lisboa, a recolha selectiva de óleos alimentares usados e a sua transformação em «biodiesel», que poderá ser utilizada nos veículos da autarquia.
Os deputados ecologistas sustentam, numa moção, que hoje é possível converter óleos alimentares usados em «biodiesel» que, misturado com gasóleo, «representa uma poupança a nível do consumo do combustível tradicional e redução dos impactos ambientais pelo tipo de emissões associadas».
Dada a «concentração, dimensão dos hospitais, cantinas escolares e de empresas e restaurantes, mas também pela própria frota municipal de viaturas» em Lisboa, justifica-se o desenvolvimento, pelo executivo camarário, de um projecto de recolha de óleos alimentares usados e a sua utilização como «biodiesel», defendem.
Os deputados municipais de «Os Verdes» sugerem ainda a criação de um plano de progressivo crescimento das quantidades recolhidas e de utilização de «biocombustível» na frota municipal. Esta medida permitiria, segundo os ecologistas, reduzir as emissões de poluentes ao nível das águas e do mar e substituir os combustíveis fosseis por biocombustíveis, «com a respectiva redução da dependência externa e o cumprimento de metas e directivas comunitárias».
As metas definidas pelas directivas comunitárias apontam para a incorporação de dois por cento de biocombustíveis em toda a gasolina e gasóleo do mercado até 2005 e de 5,75 por cento até ao final de 2010.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: