Breves
<br>7.º Congresso
O Sindicato dos Professores da Região Centro vai realizar o seu sétimo congresso, nos dias 14 e 15 de Abril, em Aveiro. Mais de meio milhar de delegados, representantes de educadores de infância e professores do ensino básico, secundário e superior, participam na iniciativa, que pretende unir os professores, melhorar a organização sindical e decidir formas de acção. Os delegados efectuarão ainda uma reflexão sobre o programa do novo Governo.

Conferência
A Fenprof realizou a Conferência Nacional do Ensino Superior e da Investigação, nos dias 11 e 12 de Março. Na resolução aprovada, os docentes reclamaram, além de outras reivindicações, o esclarecimento, por parte do Governo, da sua posição relativa ao processo de Bolonha, receando a desresponsabilização do Estado pelo financiamento do ensino superior. Foram ainda aprovadas sete medidas para a promoção da actividade de investigação.
Os professores exigem ainda uma revisão dos estatutos de carreiras do ensino superior e da investigação. No ensino público, pretendem, entre outras propostas, que se criem quadros com dotação suficiente para abranger todos os docentes e investigadores necessários. No particular e cooperativo, querem ver reguladas a contratação e as carreiras, como no ensino público.

Função Pública
Em Coimbra, dirigentes e delegados do Sindicato da Função Pública do Centro reuniram, dia 14, no auditório da Reitoria da Universidade, e consideraram que a valorização do trabalho e a dignificação das condições dos trabalhadores têm de ser prioridades do novo Governo. Repudiando as políticas de direita, os representantes dos trabalhadores decidiram ir continuar a luta contra as privatizações, pela revisão dos apoios judiciários e das custas judiciárias. Exigem alterações à Lei de Bases da Segurança Social, o combate à fraude e evasão fiscais e a revogação das normas gravosas do Código do Trabalho. Mantendo o quadro de propostas apresentado ao anterior Governo, o sindicato vai agir no sentido de reforçar a sindicalização e a organização para a luta.