A CDU confirma-se como uma grande força política nacional
CDU entrega candidaturas
Trabalho, honestidade e competência
Sendo uma força necessária e insubstituível na defesa dos interesses das populações, a CDU, por todo o País, tem vindo a entregar os processos para as Eleições Autárquicas de 2005.
A CDU – pelo seu trabalho e reconhecido património de obra e realização – confirma-se como uma grande força política nacional nas autarquias, indissociavelmente ligada à construção do Poder Local, à sua afirmação como espaço de intervenção a favor do desenvolvimento e bem estar das populações.
Com acrescidas responsabilidades que a sua intervenção autárquica lhe exige, a CDU confirma a sua determinação em assegurar, no futuro mandato, uma presença de trabalho, honestidade e competência, que lhe dê continuidade a um projecto de reconhecida qualidade na intervenção e gestão das autarquias.
Neste sentido, por todo o País, a CDU tem vindo a entregar os seus processos de candidatura para as Eleições Autárquicas de 2005, nos tribunais da comarca locais.
No dia 4 de Agosto, a CDU de Montemor-o-Novo apresentou as suas listas de candidatos, concorrendo a todos os órgãos autárquicos do concelho. No total integram as listas da CDU 212 candidatos, homens e mulheres que colocam aos montemorenses a sua disponibilidade para continuar a imensa obra que vem sido desenvolvida no concelho. Dos 212 candidatos propostos, 102 são filiados no PCP e 110 são independentes; cerca de 30 por cento são mulheres e 26 por cento são candidatos pela primeira vez.
«Porque Montemor não pode parar, os candidatos da CDU, aliando a experiência adquirida à inovação, reafirmam o seu compromisso com a população do concelho, certos de continuar a contar com a confiança dos montemorenses», explica uma nota dirigida ao Avante!.
No dia 8 de Agosto, a CDU entregou no Tribunal da Comarca de Oeiras as listas concorrentes às Eleições Autárquicas de 9 de Outubro.
«Nas listas da CDU caldeia-se a experiência no exercício das mais diversas funções autárquicas e noutras estruturas associativas com a renovação, num espírito de unidade na acção em que convergem os Comunistas, Verdes e Independentes, emanados pelo único e exclusivo anseio de servirem o melhor que souberem e puderem as populações que em nós confiam, e de trabalhadores com toda a determinação e empenho para um futuro mais humano e mais solitário», acentua a coligação democrática.
A CDU de Oeiras apresenta 350 candidaturas, militantes do PCP, do Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV) e 50 independentes. Fazem parte destas listas 62 jovens e 135 mulheres, cinco das quais são cabeças de lista às Assembleias de Freguesia – Oeiras, Caxias, Linda-a-Velha, Queijas e Porto Salvo.
No mesmo dia, a CDU de Setúbal apresentou os seus candidatos à eleição dos órgãos das autarquias locais do concelho.
As listas são compostas em 21 por cento por jovens e em 33 por cento por mulheres, num total de 272 candidatos. «Este é um conjunto coerente, determinado e experiente de mulheres e homens que reflectem e representam bem a consigna que tem marcado ao longo dos anos a gestão da CDU nas autarquias: Trabalho, Honestidade e Competência!», sublinha.

Argumentos de sobra

No dia 10, a CDU de Grândola procedeu à entrega das listas candidatas às eleições aos órgãos autárquicos deste concelho a decorrer no próximo dia 9 de Outubro.
Num total de 140 candidatos, mais de 40 do que os mínimos exigidos por lei, a CDU assegurou, assim, cinco dias antes do termo do prazo legal para a formalização das candidaturas, a apresentação dos seus candidatos à Câmara Municipal (14), à Assembleia Municipal (42), e a todas as assembleias de freguesia do concelho, nomeadamente Azinheira dos Barros (13), Carvalhal (19), Grândola (26), Melides (15) e Santa Margarida da Serra (11), encabeçadas respectivamente por Josélia da Costa Pereira Espada, técnica oficial de contas, 54 anos, do PCP, Maria Camila Felício Malhadais Bica, professora aposentada, 68 anos, independente, Joana do Céu Matias Pontes, assistente administrativa, 30 anos, do PCP, Ricardo Miguel da Costa, engenheiro técnico agro-florestal, de 28 anos, independente, Daniel Umbelino Rodrigues Costa, gerente comercial, 49 anos, do PCP, António Paulino Gonçalves, empresário, 43 anos, independente, e José Carlos da Silva, bate-chapas, de 73 anos, independente.
A primeira força política em Grândola a formalizar a sua candidatura às próximas eleições junto do tribunal, constituída pelo PCP e PEV, apresenta um total de 54 mulheres (39 por cento) e conta com 74 homens e mulheres independentes (54 por cento) residentes nas freguesias deste concelho, com uma média de idades de 44 anos, com 46 com menos de 35 anos de idade (33 por cento), das mais variadas profissões.
Josélia Espada, candidata à presidência da Câmara Municipal de Grândola pela CDU, presente no tribunal na entrega das candidaturas, assegurou que a juventude dos homens e mulheres desta força política e a sua ligação à comunidade grandolense, constituem uma expressão da capacidade de trabalho, honestidade e competência da candidatura que nos próximos dias demonstrará junto da população a importância deste projecto para assegurar o desenvolvimento com qualidade para Grândola.
Convidada a pronunciar-se sobre os resultados eleitorais, Josélia Espada argumentou que os grandolenses não vão esquecer cada um dos 28 anos de obra realizada pela CDU à frente dos destinos da Câmara, interrompidos pela gestão paralisante do PS/Carlos Beato, que com uma visível falta de estratégia para o desenvolvimento do concelho, endividou a autarquia, não cumpriu as promessas eleitorais e atrasou e degradou as condições de trabalho nos serviços da autarquia e a qualidade de vida da população do concelho.

Força e determinação

Nesse mesmo dia, a CDU de Sintra entregou, no Tribunal da Comarca de Sintra, as listas das suas candidaturas à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e assembleias de freguesia.
Sendo a primeira força política do concelho a legalizar a sua concorrência a todos os órgãos autárquicos, estiveram presentes na entrega da documentação, Baptista Alves, candidato à presidência da Câmara, António Filipe, deputado do PCP e candidato à presidência da Assembleia Municipal, e Lino Paulo, mandatário da candidatura da CDU no concelho de Sintra, para além de outros candidatos.
Foram ainda entregues as listas da CDU a todos os órgãos autárquicos do concelho do Redondo. Estiveram presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Redondo, para a referida entrega dos cabeças de lista à Câmara Municipal, Inácio Casimiro, à Assembleia Municipal, Carlos Salomé, à Assembleia de Freguesia de Redondo, Francisco Mendes, e à Assembleia de Freguesia de Montoito, Joaquim Franco Ramalho, acompanhados pelo mandatário concelhio da CDU, Caetano Carriço.
No dia anterior, dia 9 de Agosto, a CDU de Alcochete entregou no Tribunal do Montijo o seu processo eleitoral, tendo em vista o acto eleitoral do próximo dia 9 de Outubro. Segundo uma nota dirigida à comunicação social, as listas da CDU, neste concelho, são constituídas por 118 candidatos, sete efectivos e sete suplentes para a Câmara Municipal de Alcochete, 21 efectivos e 21 suplentes para a Assembleia Municipal, 13 efectivos e 13 suplentes para a Assembleia de Freguesia de Alcochete, nove efectivos e nove suplentes para a Assembleia de Freguesia do Samouco e nove efectivos e nove suplentes para a Assembleia de Freguesia de S. Francisco.
A média etária deste colectivo é de 39 anos, sendo 60 por cento destes (71 pessoas) independentes e 40 por cento (47 pessoas) militantes do PCP.
São candidatos a presidentes Luís Miguel Carraça Franco, 33 anos, advogado, para a Câmara Municipal de Alcochete; Miguel Boeiro, 58 anos, técnico de contas, para a Assembleia Municipal; Estêvão António das Neves Boeiro, 49 anos, monitor de artes gráficas, para a Assembleia de Freguesia de Alcochete; Francisco da Silva Correia, 54 anos, motorista, para a Assembleia de Freguesia de S. Francisco; e António Joaquim Gomes Almeirim, 67 anos, encarregado civil da Força Aérea, para a Assembleia de Freguesia do Samouco.
Nos últimos dias, e segundo várias notas de imprensa que foram chegando à nossa redacção, foram ainda entregues, entre outras, as candidaturas de Moura, Loures, Beja, Gaia, Ferreira do Alentejo, Barrancos e Penamacor.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: