A CDU trouxe progresso e desenvolvimento a muitos concelhos
Domingo, votar CDU
Confiança numa vida melhor
Com a aproximação das eleições autárquicas, aumenta a confiança num bom resultado para a CDU, com a obtenção de mais votos e mais mandatos. Em campanha por vários pontos do País, o secretário-geral do PCP testemunhou a confiança e o empenho dos activistas da CDU mas lembrou que nenhuma batalha está ganha antes de ser travada. No fim-de-semana, Jerónimo de Sousa andou pelo Litoral Alentejano, por Setúbal e por Beja e no início da semana pelos distritos do Porto, Évora e Santarém. Hoje, há comício no Barreiro. A campanha termina amanhã com um comício na Aula Magna, em Lisboa, pelas 21 horas.
Banhos de multidão e entusiasmo marcaram, no sábado, a campanha da CDU por vários concelhos do distrito de Setúbal. A confiança em bons resultados nas eleições de domingo foram uma nota comum às iniciativas realizadas nos concelhos da Moita, Barreiro, Montijo, Sesimbra, Alcochete, Setúbal e Seixal. Em todos estes locais, o secretário-geral do PCP foi recebido por militantes e activistas da CDU confiantes num bom resultado, confiança que lhes vinha da campanha realizada e da boa aceitação que receberam das populações. Essa aceitação pôde Jerónimo de Sousa comprovar, ele mesmo, em todas as iniciativas. Para o dirigente do PCP, a confiança que se sente não é utópica ou meramente emocional.
No Seixal, onde terminou o dia de campanha, com um vibrante comício na Sociedade Filarmónica Operária Amorense, Jerónimo de Sousa reafirmou o orgulho no município do Seixal e no trabalho desenvolvido pelas autarquias da CDU. Para o secretário-geral do PCP, é motivo de orgulho que o Seixal esteja hoje nos primeiros lugares nos índices de qualidade de vida devido à acção das autarquias dirigidas pela CDU. Até porque ao poder central muito pouco tem a agradecer. «Neste concelho, em que nestas décadas os trabalhadores foram profundamente fustigados em termos de emprego, esquecem-se que foi preciso um grande esforço desta câmara CDU para manter um nível de vida indesmentivelmente diferente – melhor! – ao de qualquer concelho de maioria PS», afirmou Jerónimo de Sousa, aludindo às promessas da candidatura do PS. «Prometem emprego, mas esquecem-se do papel que teve o seu partido na destruição de várias empresas, como a Siderurgia Nacional», acusou o dirigente do PCP.
Considerando «ingrata» a tarefa do candidato do PS, Menezes Rodrigues, Jerónimo de Sousa considera que este poderia ter escolhido outro concelho que não o Seixal para poder «afirmar os disparates que afirma em termos de desenvolvimento, de perspectiva e de propostas».

A diferença que se vê

Antes do secretário-geral do PCP, interveio no comício, o actual – e candidato a futuro – presidente da Câmara Municipal do Seixal, Alfredo Monteiro. Para o autarca comunista, a diferença do projecto da CDU, mais do que nas palavras, é verificável no terreno da obra concreta. «Com a CDU – afirma o candidato – ganha a população do Seixal, que garante a continuidade de um projecto que, desde o 25 de Abril, colocou o nosso município nos índices mais elevados do progresso e desenvolvimento da região e do País.»
Reafirmando a primazia dada às pessoas pela CDU, Alfredo Monteiro destacou a prioridade dada pelas autarquias da coligação à educação e à saúde, áreas, aliás, da competência do poder central. Mas, destaca o autarca, é graças aos investimentos feitos pela CDU que o Seixal é actualmente o município do País com a mais baixa taxa de analfabetismo (4,8 por cento), cerca de metade da média nacional. No que respeita à saúde, o edil comunista realça a luta pela construção de um hospital no Seixal, travada pelas autarquias, pelo PCP na Assembleia da República e pelas comissões de utentes da saúde do concelho que recolheram mais de 60 mil assinaturas em defesa da construção de tão importante equipamento. Segundo Alfredo Monteiro, é votando CDU que será possível concretizar este «sonho colectivo» da população do Seixal. Recentemente, o ministro da Saúde já reconheceu a importância da obra, o que constitui uma vitória da coligação e da população do concelho.
«A diferença do projecto da CDU é ainda visitável na rede de bibliotecas públicas, na descentralização cultural, no apoio ao movimento associativo, na preservação do património construído e natural, no desporto para todos, nas lojas do munícipe, nos 60 lugares de acesso gratuito à internet (três vezes a média nacional)», referiu o presidente da Câmara do Seixal. Daí estar confiante que a partir do dia 9, «saberemos continuar a honrar os caminhos do poder local e a dar vida e qualidade a esta terra».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: