Bolívia e Peru
Eleições geram tensão
A proximidade das eleições presidenciais e legislativas na Bolívia e no Peru está a fazer subir a tensão política e social naqueles países, noticia a Prensa Latina (PL).
Na Bolívia, o Tribunal Nacional eleitoral adiou por tempo indefinido as eleições gerais, previstas para 4 de Dezembro, e o governo procura agora um acordo parlamentar e entre regiões que permita acertar um calendário para o escrutínio.
No Peru, as três formações políticas que apoiam o ex-presidente Alberto Fujimori formaram a aliança «Nueva Mayoría-Cambio 90-Sí Cumple» com o objectivo de o apresentar como seu candidato às eleições gerais de 9 de Abril de 2006. Segundo a PL, o secretário-geral de «Sí Cumple», Luis Delgado, afirmou que este é um primeiro passo e que se integra na operação em curso para o regresso de Fujimori, refugiado no Japão desde finais de 2000, para onde fugiu acusado de crimes contra a humanidade e enriquecimento ilícito. De acordo com Delgado, o ex-presidente voltará ao Peru «de surpresa e no momento oportuno» para se candidatar.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: