Barreiro
Avaliação das contas municipais
O presidente da Câmara do Barreiro, Carlos Humberto, elegeu, quinta-feira, a avaliação das contas da autarquia e a atribuição de novas competências às juntas de freguesia como «medidas imediatas» do seu mandato. Em declarações aos jornalistas, no final da cerimónia de posse, o autarca comunista admitiu «avaliar internamente a situação financeira da autarquia», não excluindo a hipótese de ordenar a realização de uma auditoria externa às contas caso subsistam dúvidas.
«Não afastamos a possibilidade de uma auditoria», afirmou, ressalvando que, a ser efectuada, tal «não pressupõe uma desconfiança sobre os anteriores eleitos, mas sim uma avaliação correcta da situação».
No seu discurso, o recém-eleito presidente do município comprometeu-se a rever o protocolo de descentralização de competências das juntas de freguesia, de modo a atribuir a estas novas funções.
A recuperação do centro histórico da cidade do Barreiro, herdada de anteriores executivos, é outra das prioridades enumeradas por Carlos Humberto, que reiterou a intenção de conceder pelouros à oposição.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: