Jerónimo de Sousa sobre emprego e desenvolvimento
Prioridade à produção, ao emprego e aos salários
O candidato presidencial comunista Jerónimo de Sousa passou todo o dia 22 em localidades da cintura operária de Lisboa, contactando com trabalhadores e população. O dia, dedicado às questões do emprego, começou cedo, antes das oito da manhã, à porta das OGMA. Antes de terminar, com um jantar em Vialonga, Jerónimo de Sousa contactou com operários à porta da OPEL da Azambuja e andou pelas ruas de Vila Franca de Xira. Em Alhandra, encontrou-se com membros de órgãos representativos dos trabalhadores e fez uma declaração sobre o tema, que transcrevemos na íntegra.

Ofensiva ataca trabalhadores e utentes
Política de direita degrada Saúde
Num encontro com profissionais da Saúde, realizado na Escola de Enfermagem Calouste Gulbenkian, Jerónimo de Sousa afirmou contar com estes para cumprir o preceito constitucional de uma Saúde para todos.

Almoço da Cova da Moura
Integrar é preciso
Num almoço na Comissão de Moradores da Cova da Moura, na Amadora, no passado dia 21, o candidato comunista afirmou que a sua candidatura não vê os imigrantes como invasores.

ID apoia Jerónimo de Sousa

PEV recolhe duas centenas de apoios

Viseu
Apostar na ferrovia
De visita ao distrito de Viseu, Jerónimo de Sousa encontrou-se com associações locais que defendem a reactivação da linha férrea, progressivamente desmantelada.

Defender os direitos profissionais
Devolver as polícias aos cidadãos
Num encontro com a Comissão Coordenadora Permanente dos sindicatos e associações dos profissionais das forças de segurança, Jerónimo de Sousa manifestou preocupação com a degradação das condições de trabalho destes profissionais.