Directiva dos portos chumbada no PE
O Parlamento Europeu reprovou ontem, por larga maioria, a proposta de directiva que determinava a liberalização do mercado de serviços portuários. Na votação, em Estrasburgo, a iniciativa obteve 532 votos contra e 120 a favor.
Esta foi a segunda proposta de lei, oriunda da Comissão Europeia, rejeitada no PE.
Desta feita, a proposta de Bruxelas motivou uma jornada de greve a nível comunitário e uma grande manifestação, segunda-feira, em Estrasburgo, na qual participaram milhares de trabalhadores portuários de diversos Estados-membros, incluindo uma centena de portugueses.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: