<em>Transdev</em> contrata <br>ex-ministro dos Transportes
O grupo francês Transdev anunciou, nos últimos dias, como seu consultor estratégico em Portugal o ex-ministro dos Transportes, Joaquim Ferreira do Amaral. Demonstrou ainda grande interesse na compra de mais empresas, propondo a rentabilização daquelas que vivem enormes dificuldades financeiras.
«A Transdev em Portugal tem uma posição contraditória, pois ao mesmo tempo que mostra com este anúncio que o sector é lucrativo anda a dizer que o mesmo está em crise e a pedir ajudas ao Governo», denuncia, em nota dirigida à comunicação social, a Federação dos Sindicatos de Transportes Rodoviários e Urbanos/CGTP-IN, sublinhando, por outro lado, que esta empresa «não respeita os direitos dos trabalhadores da Rodoviária D’Entre Douro e Minho, Rodoviária da Beira Litoral, Caima Transportes, Charline, Transportes Caramulo e Minho Bus», fomentando a precariedade laboral, diminuindo salários e a oferta de transportes às populações.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: