AIL lamenta promulgação da Lei das Rendas
A Associação dos Inquilinos Lisbonenses lamenta que o PR tenha decidido promulgar a Lei das Rendas, ignorando a opinião contrária e fundamentada da maioria dos representantes de inquilinos, proprietários e comerciantes.

O presidente da AIL, citado pela agência Lusa, reafirm que a lei vai criar sérias dificuldades às famílias mais carenciadas, assim como às famílias com rendimentos médios, devido ao aumento das rendas que vai permitir. Romão Lavadinho sublinhou que falta uma série de decretos regulamentares, a definir, por exemplo, o rendimento anual bruto ou o valor dos subsídios e imóveis devolutos. A AIL espera agora que o Governo convoque as associações, para apresentar esses decretos regulamentares, como prometeu o secretário de Estado, Eduardo Cabrita.
Pela sua parte, a AIL vai procurar esclarecer os inquilinos sobre a nova lei e prepara-se para desenvolver as acções que considerar oportunas, já que poderá estar perante uma situação de despejos em série.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: