O PS está incomodado e sem estratégia credível
PS em Setúbal
A face do anticomunismo
A Célula dos Trabalhadores Comunistas da Câmara Municipal de Setúbal acusou o porta-voz do PS local de ter um comportamento «vergonhoso e indigno de democratas».
Em nota distribuída aos trabalhadores do Município, intitulada «A política ruinosa do PS e os seus homens de mão», os comunistas consideram «intolerável que o porta voz do PS e Coordenador da CT use a morte de um trabalhador da CMS para fazer chicana política».
«Eis que, usando e abusando, isoladamente, da figura de Coordenador da CT e, até, abusivamente em nome da mesma CT, aí está de novo o "guardião da democracia"», lê-se no comunicado a propósito da mais recente tomada de posição pública daquele indivíduo, a qual, em si mesma, na perspectiva dos comunistas, é reveladora de que «afinal o PS está incomodado e não tem estratégia credível».
Na base desta actuação do PS local e do seu «homem de mão» está, por outro lado, uma clara tentativa no sentido de «desviar as atenções dos ataques que o Governo PS tem vindo a praticar contra os trabalhadores», como sejam o congelar das carreiras, a degradação do valor dos salários, o aumento da idade da reforma ou os supranumerários.
«Saibam os trabalhadores da CMS estar atentos e vigilantes face a estes pequenos (h)inos do mesmo anti-comunismo primário, em pleno século XXI e, futuramente, queiram depositar a sua confiança naqueles que, desde sempre, melhor defendem os trabalhadores – o PCP e os seus aliados. Este, sim, é um património histórico do PCP, do qual nos orgulhamos», sublinha, a concluir, a Célula dos Trabalhadores Comunistas da Câmara Municipal de Setúbal.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: