Partidos Comunistas e Operários <br>reúnem em Lisboa
O PCP é este ano o anfitrião do Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários que se realiza em Lisboa a 10, 11 e 12 de Novembro, dedicado ao tema «Perigos e potencialidades da situação internacional, a estratégia do imperialismo e a questão energética. A luta dos povos e a experiência da América Latina, a perspectiva do socialismo».
A iniciativa, que dá seguimento aos encontros internacionais que desde 1998 se têm vindo a realizar na cidade de Atenas, Grécia, reunirá partidos comunistas e operários de todo o mundo.
A uma semana e meia da realização do evento, e tendo entrado na fase final da sua preparação, estão já confirmadas as presenças de cerca de 70 (setenta) partidos neste Encontro Internacional, destacando-se desde já a confirmação da presença de personalidades do movimento comunista internacional como Blade Ndzimande, Secretário-geral do Partido Comunista da África do Sul; Aleka Papariga, Secretária-geral do Partido Comunista Grego ou Guenadi Ziugannov Presidente do Comité Central do Partido Comunista da Federação Russa, entre muitos outros secretários gerais e altos dirigentes de Partidos Comunistas e Operários de todo o mundo como Fernando Esteñoz, membro do Secretariado do Comité Central do Partido Comunista de Cuba e chefe do seu departamento de relações internacionais.
Os Encontros Internacionais de Partidos Comunistas e Operários, dedicados em cada ano a um tema específico relacionado com a evolução da situação internacional, têm vindo a confirmar-se, segundo os seus promotores, como «um dos mais importantes espaços de âmbito internacional de intercâmbio de experiências e informações sobre a situação em cada país e da luta que aí se desenvolve; de discussão de assuntos centrais da evolução da situação mundial e da luta dos trabalhadores e dos povos; de consideração de iniciativas comuns dos Partidos participantes e de afirmação da solidariedade internacionalista, especialmente com os povos que hoje desenvolvem corajosos processos de luta contra a exploração a opressão e a guerra imperialistas».
De acordo com uma nota divulgada pelo Gabinete de Imprensa do PCP, Jerónimo de Sousa, Secretário-geral do Partido, fará uma intervenção na abertura do Encontro e participará num comício a 11 de Novembro, na cidade de Almada, que contará com a presença de todas as delegações de Partidos Comunistas e Operários presentes no Encontro Internacional.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: