MDM exige despenalização até 8 de Março

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) dirigiu sexta-feira uma carta aberta aos deputados exigindo a aprovação até 8 de Março da lei de despenalização do aborto e rejeitou a inclusão de qualquer aconselhamento obrigatório ou facultativo.
«Urge aprovar até 8 de Março de 2007 (Dia da Mulher), na Assembleia da República, uma lei justa e adequada. Uma lei que respeite o direito da mulher a decidir sem qualquer tipo de imposições morais ou éticas sobre a sua opção», refere o MDM, na carta aberta que dirigiu aos deputados, ao primeiro-ministro e ao Presidente da República.


País homenageia Zeca Afonso

Se há homens de quem se pode dizer que jamais podem morrer, Zeca Afonso terá sido sem dúvida um deles. Sexta-feira, dia em que se assinalaram os 20 anos da sua morte, de Norte a Sul do País, realizaram-se diversas iniciativas de homenagem ao autor da «Grândola Vila Morena», acordes que fizeram despertar a Revolução dos Cravos, em Abril de 1974.
Em Lisboa, a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) juntou o presidente e vice-presidente da SPA, Manuel Freire e José Jorge Letria, e ainda os músicos José Niza, Francisco Fanhais e Luis Does. A homenagem terminou com o cantor Samuel a interpretar músicas do poeta e compositor José Afonso.
Em Odivelas, a Câmara e Assembleia Municipal bem como a Associação José Afonso organizaram um colóquio onde se falou sobre o papel do autor na cultura e na sociedade portuguesa.
Já em Guimarães, os 20 anos sobre a morte do compositor foram assinalados com uma exposição «O que faz falta» e uma teatralização da vida e obra do músico.
No Café Central da Guarda foi feita a homenagem: «As palavras e a música do poeta de Abril».
No rol das iniciativas constou ainda, entre muitas outras, uma romagem à campa de José Afonso, em Setúbal.


«Escravos» da Administração Pública

O maior sindicato da PSP exigiu, quinta-feira, numa vigília realizada na Praça do Comércio, a definição do horário de trabalho na corporação, recusando que os polícias sejam os «escravos da Administração Pública», a trabalhar domingos, feriados sem qualquer compensação extra.
A ASPP/PSP reivindica um horário de 36 horas semanais (144 horas/mês). «Se um comandante quiser, os polícias podem ter que trabalhar 200 horas (por mês), sem ganharem mais por isso», disse Paulo Rodrigues, presidente do sindicato.
Caso os polícias não vejam regulamentado o seu horário de trabalho, com o prevê o Estatuto da PSP, vai ser organizada «uma grande manifestação» de polícias durante a presidência portuguesa da União Europeia, no segundo semestre deste ano, em data ainda por decidir.


Situação dramática no Porto

O vereador da CDU na Câmara do Porto, Rui Sá, afirmou domingo que a Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica está «em morte lenta», sem presidente desde final de 2006 e sem contas aprovadas desde 2003.
«Nas últimas reuniões do Executivo, questionei o presidente da Câmara sobre a fundação da zona histórica, mas não obtive nenhuma resposta», disse à Lusa Rui Sá, no final de uma visita de eleitos da CDU a vários locais do Centro Histórico do Porto, classificado pela UNESCO Património da Humanidade.
O autarca frisou que «esta morte lenta tem consequências muito graves», nomeadamente para as 36 famílias inquilinas da fundação, algumas das quais a viver em casas «muito degradadas» ou junto a prédios que ameaçam ruir.


Juros sobem 79 por cento

Desde que Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu, deu início à política de restrição monetária, as taxas de juros já subiram 79 por cento. Segundo noticiou, segunda-feira, o Correio da Manhã, o aumento registado desde o final de 2004 tem um peso de 1,5 mil milhões de euros por ano na carteira dos portugueses.
Entretanto, o agravamento não vai ficar por aqui. Segundo o diário, o Conselho de Governantes da autoridade monetária europeia prepara-se para anunciar novo aumento das taxas de juros na Zona Euro para os 3,75 por cento já no próximo dia 8 de Março e os analistas prevêem que o preço do dinheiro atinja os quatro por cento antes do fim do ano.


Resumo da Semana