Entrevista com Paco Frutos, Secretário-geral do PCE
«Há muitos campos para a cooperação»
No âmbito da sua vista a Lisboa, na passada semana, onde realizou um encontro com a direcção do PCP, o secretário-geral do Partido Comunista de Espanha, Paco Frutos, concedeu uma entrevista ao nosso jornal, em que fala da cooperação internacional e aborda alguns aspectos da actualidade do seu país.

Uma consequência
do modelo de desenvolvimento económico

As assimetrias no emprego e nas regiões
As consequências das políticas (no seu conceito amplo) impostas ao País nos últimos 30 anos, designadamente após a integração, em 1986, por razões ideológicas, (leia-se: anticomunista) naquilo que se designa por União Europeia, essas consequências, dizíamos nós, são múltiplas e complexas.

Defesa Nacional e Forças Armadas
Instabilidade tem epicentro no governo

(Des)Informação económica
Média condicionam opinião pública -1
A falta de objectividade a nível dos média, que leva muitos dos jornalistas a não cruzar fontes de informação diferentes e a não divulgar opiniões diferentes, é cada vez mais frequente. O exemplo mais recente é o «conselho» dado a Portugal pela OCDE para liberalizar ainda mais os despedimentos individuais, que foi transformado por muitos jornalistas em verdade absoluta, inquestionável e única e assim transmitido à opinião publica. Assiste-se ainda à tendência de certos profissionais para fazer passar como suas ou como posição dos jornais em que trabalham as opiniões e informações de entidades interessadas em condicionar a opinião pública, bem como em ajustar o que publicam às posições do poder político e mesmo económico. Isto não significa que não existam jornalistas, e felizmente ainda existem muitos, que resistem a «esta onda», pautando a sua conduta pela objectividade e rigor.