Greve geral a 30 de Maio
Sob vibrantes aplausos, o Plenário de Sindicatos da CGTP-IN reagiu ontem de manhã à proposta do Conselho Nacional da central, para que a jornada de luta de 30 de Maio assuma a forma de greve geral.
A proposta foi apresentada, na sessão de abertura, por Manuel Carvalho da Silva, no seguimento das reuniões da Comissão Executiva e do Conselho Nacional da CGTP-IN, na terça-feira.
O plenário, que reuniu cerca de um milhar de dirigentes e delegados sindicais no salão da Voz do Operário, em Lisboa, prosseguia os seus trabalhos à hora do fecho da nossa edição.
Em debate esteve igualmente a preparação das comemorações do 1.º de Maio, encarado como ponto alto no esclarecimento e na mobilização dos trabalhadores para a greve geral de 30 de Maio (ver notícia da página 13 da edição impressa, que se segue).


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: