CGD com 60 a 70 por cento
A adesão à greve geral, no Grupo Caixa Geral de Depósitos, situou-se, em termos globais, entre 60 e 70 por cento, anunciou o STEC, considerando que tal revelou «o grande descontentamento que grassa» entre os funcionários. Em comunicado, no dia 30, o Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo CGD informou que os níveis de adesão, nos mais de mil locais de trabalho distribuídos por todo o País, variaram entre 25 e 30 por cento, nos departamentos centrais; 30 e 35 por cento, nas agências urbanas de Lisboa e Porto; entre 50 e 60 por cento, nas agências sub-urbanas de Lisboa e Porto; entre 75 e 85 por cento, nas restantes agências. «A greve só não foi ainda mais expressiva, pelas inqualificáveis atitudes de coacção e, mesmo, de ameaça directa, que algumas hierarquias exerceram sobre os trabalhadores», acusa o STEC.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: