Comício da CDU na Aula Magna
Solução alternativa para Lisboa
Na maior iniciativa realizada pela CDU, Jerónimo de Sousa acusou o PS de fazer parte dos problemas e não das soluções para Lisboa, e pediu aos eleitores «um voto de protesto» ao Governo.

Lisboa precisa da CDU
Assegurar uma gestão de esquerda
Com os olhos postos nas eleições de 15 de Julho, Jerónimo de Sousa acentuou no comício da Aula Magna que Lisboa «precisa da CDU, do seu trabalho, do seu conhecimento e amor à cidade».

CDU apresenta propostas para os reformados
Política de direita agrava vida dos lisboetas
Nos últimos seis anos, a maioria PSD/CDS-PP, com o apoio do PS e do BE, em momentos decisivos, conduziu a Câmara de Lisboa a uma gravíssima situação, lesiva dos interesses da cidade e da sua população, levando à queda do executivo e à convocação de eleições antecipadas.

Propostas para a segurança dos lisboetas
CDU acusa PS pela insegurança da cidade
A CDU apresentou as suas propostas relativamente à segurança em Lisboa. Em declaração temática, a coligação responsabilizou o Governo pela insegurança na cidade.

Pelo direito a habitação condigna
CDU foi importante na erradicação das barracas
Em Lisboa, entre 1990 e 1996, no âmbito dos programas de habitação social, foram construídos dez mil fogos. «Em 12 anos que o PCP esteve no poder na Câmara foram construídos cerca de 20 mil fogos, número muito superior aos construídos nos anos anteriores», informa, em declaração sobre os bairros municipais, a CDU.

Centro de Medicina do Trabalho da CML
Ruben de Carvalho exige planificação
Ruben de Carvalho criticou, na passada semana, a localização do Centro de Medicina do Trabalho da Câmara de Lisboa, considerando que a instalação do serviço nas Olaias demonstra «os critérios de gestão» do município.

Breves da semana CDU

Festa do Avante!
Espaço das Tecnologias de Informação e Comunicação

Contribuir <br>para um Portugal com futuro
Pelo quarto ano, no Pavilhão Central da Festa do Avante!, o Espaço das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) proporcionará o contacto com as novas tecnologias da informática e da internet. Haverá também computadores para “navegar” na net, revelaram Sofia Grilo, Bruno Dias e Gonçalo Valverde, do Grupo de Trabalho das TICs.