Mobilizar para a luta nos transportes
O 12.º Congresso da União Internacional dos Sindicatos de Trabalhadores dos Transportes (UIS-Transportes, da Federação Sindical Mundial), que elegeu o coordenador do SNTSF/CGTP-IN para presidente do Conselho Geral, declarou assumir o compromisso de mobilização para a luta em torno de quatro grandes objectivos:
– Pela defesa do papel estratégico do sector no desenvolvimento integrado e sustentável das sociedades, para cumprir a sua função social como serviço público, assente em empresas públicas e procurando funcionar como sistema integrado, onde os diversos meios se complementem, gerando benefícios sociais, económicos e ambientais;
– Contra a liberalização, que, através das privatizações e terciarizações, provoca desemprego e precariedade, degradando as condições de vida e trabalho que ampliam a desigualdade e a pobreza;
– Pela defesa da dignidade dos trabalhadores e das suas condições de trabalho;
– Pela transformação do mundo, com a construção de uma sociedade justa, solidária e de paz.
Estes objectivos constam da «declaração final», divulgada pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário.
Com a participação de 81 delegados, de 26 países de todos os continentes, o congresso decorreu em Belo Horizonte, no Brasil, nos dias 10 e 11 de Dezembro, e insere-se no esforço de dinamização da UIS-Transportes.
Para secretário-geral, foi eleito o presidente da Federação Nacional dos Metroviários (Fenametro), o brasileiro Wagner Fajardo. Foram eleitos secretários em representação de sindicatos da Grécia, da Nigéria, da Índia e do Líbano.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: