Câmaras contra co-incineração

As câmaras municipais de Palmela, Setúbal e Sesimbra iniciaram, segunda-feira, uma nova acção judicial no âmbito da luta contra a co-incineração na cimenteira da Secil no Parque da Arrábida.
Com esta iniciativa, as autarquias pretendem que a tutela seja obrigada a cancelar as licenças ambientais de instalação e exploração de resíduos perigosos no Outão, medida que, sustentam, pode ser tomada a qualquer momento, basta que haja vontade política em respeitar o património natural e a vontade das populações locais.


Carlos do Carmo vence Goya

O fadista português Carlos do Carmo foi galardoado, domingo, com o prémio Goya para melhor canção original com «Fado da Saudade», incluída no filme «Fados», de Carlos Saura.
Ouvido pela Lusa, Carlos do Carmo mostrou-se satisfeito com o prémio sobretudo se este significar um contributo para um mais amplo reconhecimento daquele género musical, objectivo que tem perseguido «ao longo de 45 anos de carreira», disse.
A película documental que Saura realizou sobre o Fado não conseguiu, no entanto, vencer o «Oscar» do cinema espanhol para melhor filme, que foi atribuído a «La Soledad», de Jaime Rosales.


300 despachos numa noite

Telmo Correia assinou cerca de 300 despachos na madrugada em que o governo PSD/CDS liderado por Santana Lopes e Paulo Portas cessou funções.
Segundo avançou o Público na sua edição de domingo, entre os documentos resolvidos literalmente da noite para o dia pelo ex-ministro do Turismo, está a entrega do edifício do Casino de Lisboa à Estoril Sol no final do período de concessão daquela zona de jogo.
O Departamento Central de Investigação e Acção Penal está a investigar os factos, frisa ainda o diário.


Chilenos despedem-se de Teitelboim

Milhares de chilenos despediram-se, sábado, do antigo secretário-geral do Partido Comunista do Chile Volodia Teitelboim, que faleceu quinta-feira, aos 91 anos, na capital do país, Santiago do Chile, após doença prolongada.
Destacado dirigente e intelectual, Teitelboim iniciou a militância comunista nos anos 30 e apenas uma década depois já se encontrava preso pela sua actividade política.
Entre 1961 e 1965 foi deputado, e em 1973, depois do golpe que derrubou Salvador Allende, com quem colaborou estreitamente, exilou-se na União Soviética onde desempenhou um importante papel na reorganização do partido. Regressado ao Chile, entre 1989 e 1994 foi secretário-geral do Partido Comunista.
Em nota enviada ao Comité Central do PCC, o Secretariado do CC do PCP expressou o «profundo pesar» dos comunistas portugueses pelo desaparecimento de tão prestigiada figura do movimento comunista, dedicado «lutador pela liberdade, pela democracia, o progresso social e o socialismo».


Tadic vence presidenciais

O presidente da Sérvia, Boris Tadic, foi reeleito para um segundo mandato na desforra eleitoral de domingo com Tomislav Nikolic.
O líder do Partido Democrático venceu por escassa margem, 51 por cento dos votos, o seu homólogo do Partido Radical Sérvio na segunda volta de um acto eleitoral marcado pelo estatuto político do Kosovo e a possível adesão à UE.
Tadic e Nikolic convergem quanto ao repúdio da declaração de independência do Kosovo, mas divergem no que à aproximação à UE diz respeito.
Para o actual presidente, a Sérvia deve estabelecer bases para entrar no espaço comum europeu, prioridade que assume sem no entanto descurar a relação com a Rússia.
Já Nikolic considera a entrada na UE como uma forma de chantagem sobre Belgrado em relação ao Kosovo e privilegia a cooperação como Moscovo.


Carnaval molhado

A chuva e o mau tempo que assolou o país durante o fim-de-semana obrigou à interrupção de vários desfiles carnavalescos previstos para domingo. Alguns foliões destemidos insistiram em mostrar nas ruas as máscaras, mas a maioria optou por juntar-se em festas organizadas nas colectividades.
Na Nazaré, Loulé, Sines, Estarreja, Mealhada, Ovar ou Figueira da Foz a intempérie adiou a festa que as entidades organizadoras esperavam poder continuar terça-feira.


Resumo da Semana