A viagem do Presidente à Madeira
O itinerário do bilhete-postal
O Presidente da República deslocou-se entre 14 e 19 de Abril à Região Autónoma da Madeira (RAM), tendo-a percorrido. Tratou-se de uma viagem no mínimo insólita, tão insólita quanto a declaração do Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, ao declarar, no encerramento do Congresso da Anafre, que Alberto João Jardim era «...um exemplo supremo da vida democrática do que é um político combativo...» Acontece que, em 1992, o mesmo Jaime Gama, de quem um seu correligionário dizia que «...era um peixe de águas profundas...» associava Alberto João Jardim «às atrocidades do Bokassa das ilhas...»

Resultados catastróficos para o partido trabalhista
Londres caiu para os conservadores
A primeira experiência eleitoral do primeiro-ministro, Gordon Brown, à frente do Partido Trabalhista, saldou-se por uma clamorosa derrota em que o partido que chegara ao poder em 1997 numa atmosfera de esperança e glória, e ganhou três eleições gerais, perdeu nas autárquicas de quinta-feira, mais de 300 vereadores e o controlo de numerosas grandes regiões. Pior ainda, os trabalhistas viram-se humilhados na ocupação de um banal terceiro lugar na média de votos entre os partidos, tendo sido ultrapassados, também, pelos liberais-democratas.

Neo realismo, exposições gerais de artes plásticas
A criação do Museu do Neo Realismo e as iniciativas que tem desenvolvido, exposições, conferências, publicação de catálogos e outros documentos e nomeadamente as actividades de pesquisa dos seus responsáveis (ou coordenadas por eles), vieram em boa hora cobrir uma lacuna na História da Arte Contemporânea em Portugal.