Jerónimo de Sousa no Vale do Ave
Lutar por uma vida melhor
As políticas de direita dos sucessivos governos acumularam no Vale do Ave graves problemas estruturais, verdadeiras «bombas» económicas e sociais que o Executivo PS despoletou e, agora, agrava. Para melhor compreender este contexto, Jerónimo de Sousa visitou, domingo, diversas localidades dos concelhos de Famalicão e Guimarães e, num comício realizado a meio da tarde, criticou as propostas do Governo de alteração do Código de Trabalho. Manifestou ainda uma mensagem de confiança aos trabalhadores e às populações em geral: «Quando se luta nem sempre se ganha, mas quando não se luta perde-se sempre».

Comício do PCP em Guimarães
Combater a política do Governo PS
No comício que se realizou, domingo, em Guimarães, que contou com a presença de centenas de pessoas, Jerónimo de Sousa lembrou que, passados três anos de Governo PS, os problemas nacionais e as preocupações dos portugueses continuam por resolver.

Nos 100 anos da CUF no Barreiro
<font color=0094E0>Um século de luta e resistência</font>

CUF cresceu à sombra do regime de Salazar e Caetano
<font color=0094E0>Combater a exploração e o fascismo</font>
A transformação da CUF num grande império industrial e económico só foi possível graças às relações privilegiadas da empresa com o poder político, fundamentalmente com o regime fascista de Salazar e Caetano. Ao combaterem a exploração na empresa, os operários da CUF lutavam também contra o fascismo.

Revolução e contra-revolução na CUF
<font color=0094E0>O futuro ali tão perto</font>
Com o 25 de Abril, o tecido económico altera-se profundamente. As nacionalizações, da CUF e de muitas outras empresas, puseram a economia nacional finalmente ao serviço do povo e do País. Mas por pouco tempo.

<font color=0094E0>O <i>Avante!</i> noticiou</font>