Exposição sobre vida e obra de José Saramago
<font color=0094E0>«A Consistência dos Sonhos»</b></font>
Termina a 27 de Julho, a exposição «A Consistência dos Sonhos», que se encontra patente na Galeria de Pintura do Rei D. Luís, no Palácio Nacional da Ajuda. Produzido pela Fundação César Manrique (FMC), de Lanzarote, Canárias, este projecto, previsto para Madrid e várias capitais da América do Sul, pretende dar visibilidade ao escritor português, José Saramago, agraciado, em 1998, com o Prémio Nobel da Literatura.
Esta exposição, trazida a Portugal pelo Ministério da Cultura, é concretizada por uma iniciativa conjunta do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) e da Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas (DGLB).
Resultante do trabalho de investigação do comissário Fernando Gómez Aguilera, da FMC, a exposição está organizada por uma ordem cronológica, de 1922 até à actualidade, exibe um conjunto de documentos inéditos de José Saramago e conta com uma forte componente multimédia.
Organiza-se em três grandes núcleos: «Obra literário de Saramago», «Compromisso público, militância e Prémio Nobel» e «Repercussão do seu pensamento e da sua obra no mundo».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: