• Luís Gomes

Centenas de voluntários tornam possível este grande evento
Dezenas de modalidades e milhares de participantes
A Festa do <i>Avante!</i> também é desporto
Fomentar o desporto de massas alargando-o a toda a população é um dos objectivos do Desporto na Festa, anunciou a Comissão organizadora que com o Movimento Associativo e algumas autarquias organiza os eventos.
«O Desporto na Festa mobiliza milhares de praticantes e dezenas de modalidades, não só durante os 3 dias como durante o Verão, quando as fases de apuramento e algumas modalidades anunciam e promovem o maior evento político-cultural do País», começou por salientar António Joaquim, membro da equipa da Comissão de Desporto, também composta por Nelson Ramos, Paulo Júnior, Cláudia Reis, Brázio Romeiro - que faz a ligação da Comissão ao secretariado da Festa - Manuel Catarino, Mário Cunha e Victor Fonseca, uma equipa com a multifacetada responsabilidade de organizar, preparar e garantir que todas as modalidades se exibam com a dignidade que é característica, tanto da Festa como do Partido que a faz.
Todos «têm um enorme conhecimento das questões do desporto e uma grande consciência de classe que são fundamentais para o sucesso do Desporto na Festa que dá prioridade às modalidades amadoras e ao desporto de massas», afirmou Brázio Romeiro.
Os membros da Comissão têm tarefas definidas e coordenam a indispensável e crescente participação de todas as associações e colectividades envolvidas, cujo trabalho conjunto e voluntário de milhares de praticantes e membros de grupos, clubes e de associações torna possível o evento.
«Este trabalho seria impossível sem a colaboração do Movimento Associativo, dos seus dirigentes, equipas e treinadores que sempre têm demonstrado grande disponibilidade para participar». «Eles são elementos fundamentais no sucesso do Desporto na Festa», salientou Paulo Júnior.
«Os trabalhos de preparação desta edição começaram em Fevereiro, com a calendarização das provas e a escolha das modalidades». «Depois, temos uma fase de contactos directos com as associações e colectividades cujo contributo e participação é indispensável», recordou Paulo Júnior.
«Procuramos sempre alargar o âmbito da participação e a sua diversificação para que hajam sempre novas modalidades e participações», acrescentou.
A organização está a tentar a presença de uma representação de desporto adaptado que, caso se confirme, farão uma prova de basquetebol.
Haverá também um debate subordinado ao Desporto, desta vez o tema será os Jogos Olímpicos de Pequim e as suas implicações políticas e desportivas, revelou Cláudia Reis, que também acompanha o sarau de ginástica.
Uma das novidades desta edição é o 1.º Torneio de Futebol de Praia, que faz promove a Festa. Tem o apoio do Clube Desportivo e Recreativo do Fogueteiro e a colaboração da autarquia de Sesimbra e decorre, desde 27 de Junho, na Praia do Ouro, em Sesimbra, para equipas seniores e veteranas. Participam 8 equipas e 120 jogadores e a final está marcada para amanhã.
A Comissão do Desporto está também a tentar levar Boxe à Atalaia que, confirmando-se, terá ringue próprio. No intervalo entre a patinagem e as danças de salão, no primeiro dia de Festa, ocorrerá uma sessão de yoga que se repetirá sábado, entre a sessão de artes marciais e a ginástica.

A malha já se lança

Desde 31 de Maio que decorre o campeonato de malha pequena que tem agendadas 14 jornadas até à Festa. O torneio é organizado pela Comissão da festa em colaboração, em parceria com o Clube Recreativo Sport Chinquilho Arroteense. Participam 8 equipas e 80 jogadores por jornada, nos concelhos do Barreiro e da Moita.
No dia 22, ocorreu em Caçarino-Algeruz, no Concelho de Palmela, um torneio de malha grande, organizado pela Comissão da festa, em parceria com o Grupo Desportivo Estrelas de Algeruz. Aqui participaram 9 equipas e 90 jogadores para apurar 6 para a Festa, recordou Manuel Catarino.
A partir de domingo próximo vai decorrer o 3.º campeonato de malha, em parceria com o Clube Recreativo da Cruz de Pau, nos escalões masculinos e femininos, únicos na distância de 11 metros e 9 metros, respectivamente.

Cresce o Avantejovem Futsal

Entre 4 de Maio e 11 de Junho decorreu a fase de apuramento para as meias-finais e as finais do 2.º Avantejovem Futsal, para Escolinhas, escalões de formação, que ocorrerão na Festa, revelou Nelson Ramos. A prova teve a sua primeira edição no ano passado e tem mais participações.
Destina-se a jovens entre os 10 e os 11 anos, e as eliminatórias decorreram em cinco concelhos do distrito de Setúbal com o apoio do Clube Desportivo e Recreativo do Fogueteiro. Participaram 42 equipas, 910 jogadores, 44 treinadores, 122 dirigentes, 24 membros de júri e 12 árbitros, todos voluntários e só nesta modalidade, revelou Nelson Ramos.
As eliminatórias decorreram no Complexo Municipal de Desportos de Almada, no pavilhão do Luso F. C., no Barreiro, no Pavilhão Escola Pedro Eanes Lobato, no Seixal, no Pavilhão do Grupo Desportivo Alfarim, em Sesimbra, no comércio e Indústria, em Setúbal e no da Escola Alfredo Reis Silveira, na Torre da Marinha.
Foram apuradas, por Almada, o Seixal F.C.; pelo Barreiro, o F. C. Barreirense; por Sesimbra, a Escola António Pica; e por Setúbal, o Chesetúbal.

Futsal com equipas de empresas

No concelho de Setúbal terá lugar, este mês, um Torneio de Futsal, este ano com clubes de empresas, estando confirmadas as participações das equipas da Lisnave, Rieter, Secil, Portucel e Sapec. Duas destas equipas serão apuradas para a fase final, em representação do distrito de Setúbal.
Em Almada, o torneio feito em parceria com o Clube Fertagus e o apoio da autarquia, no ringue do Pombalense, nos próximos dias 19, 20, 26 e 27, das 9 às 18 horas, terá duas séries com quatro equipas de empresas de transportes. Na série A, estarão as equipas das empresas e Transtejo.
Na série B, participarão quatro equipas de colectividades.
De cada série será apurada uma equipa e ambas representarão Almada, na fase final, que decorrerá em data a definir e apurará a apurada para a grande final, na Festa do Avante!.
Também em Viseu, decorrem torneios nos concelhos de Cinfães e Armamar, que vão apurar mais duas equipas para a fase final.

Regata de barcos-dragão

Uma grande novidade será uma regata com as embarcações de canoagem, “barcos-dragão”. No dia 26, percorrerá o Tejo, a promover a Festa, revelou Nelson Ramos.
São embarcações chinesas, mais propriamente macaenses, que vieram para Portugal em 1993 e foram adquiridos pela Naval Amorense, co-fundadora da Associação Portuguesa dos Barcos-Dragão.

Corrida da Festa

A Corrida na manhã de domingo, 7 de Setembro, é o maior acontecimento desportivo da Festa. Como no ano passado, a organização espera uma participação de cerca de 2 mil atletas que percorrerão os 10 quilómetros da prova e que terminará junto ao lago, na Quinta da Atalaia. Após a atribuição dos prémios, os atletas e os visitantes poderão descontrair com uma sessão de yoga.

Cicloturismo

No dia 31 de Agosto, será a vez da prova de Cicloturismo cujo percurso está quase todo definido. A prova para todas as idades parte do Pinhal Novo, segue para o Montijo e Alcochete, regressa ao Montijo, dirige-se para Moita, vai ao Barreiro, segue para o Seixal, Almada, e termina junto ao lago, na Quinta da Atalaia. A organização pretende ultrapassar as 400 participações do ano passado, revelou Manuel Catarino que organiza o evento com Mário Cunha. O percurso tem 89 quilómetros.

Sarau de ginástica

São 15 as colectividades que estão convidadas a participar com um máximo de 3 modalidades ou exibições no sarau de ginástica desta edição da Festa, revelou Cláudia Reis. «A ideia é alagar a participação e o âmbito do espectáculo ao máximo número de crianças e classes de manutenção dando ênfase ao desporto de massas, das colectividades e não trazer apenas as classes de elite mas as que são acessíveis a todos», afirmou, recordando que no ano passado participaram mais de 200 participantes.

Xadrez e Damas

O xadrez e as Damas são tradição da Festa, no espaço dedicado aos desportos em tabuleiro, perto das setas. Confirmada está a presença do mestre João Coutinho, nas provas simultâneas que decorrem em vários pontos do País para promover a Festa, antes da competição nos 3 dias, na Quinta da Atalaia.
As damas terão mestres que desafiarão todos os visitantes que pretendam jogar.

Desportos radicais

O rappel, a escalada, o slidepáraquedismo voltam a ter lugares garantidos na Festa, modalidades que são coordenadas por Vítor Fonseca.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: