Câmara Municipal da Guarda
Autista e autoritária
A Câmara Municipal da Guarda continua a agredir urbanisticamente a cidade da Guarda, prejudicando gravemente a qualidade de vida dos seus habitantes e da oferta turística, acusa a Comissão Concelhia da Guarda do PCP, referindo-se aos Centros Comerciais Vivaci e Guarda Mall, o primeiro dos quais já construído, depois de todo um percurso de ilegalidade e ocupação de espaço público. A volumetria do edifício é tal que, para surpresa da população, até esconde as muralhas do centro histórico, com uma parede completamente desadequada ao meio em que se insere
Quanto ao até agora chamado «Guarda Mall»– com uma volumetria ainda maior que a do Vivavi –, verifica-se escândalo idêntico, estando contudo a Câmara decidida a avançar com a sua construção, ainda que em clara violação do PDM. Mais, perde-se um elevado número de estacionamentos gratuitos na envolvente do futuro edifício, que passam a reverter em benefícios para o construtor.
Para Concelhia do PCP, a argumentação pretensamente técnica dos gestores do PS na Câmara Municipal para fazer aprovar o Plano de Pormenor para a zona do Mercado Municipal e Central de Transportes é «desastrosa» e mesmo «desonesta», já que ao considerarem que aquela área «embora marcadamente urbana, se apresenta hoje fortemente artificializada e impermeabilizada e com debilidades que carecem de ser corrigidas», escondem que o novo centro naquela zona aprofundará ainda mais estes problemas.
O PCP estranha ainda os privilégios e apoios camarários concedidas aos promotores daqueles Centro Comerciais, de que nenhum outro comerciante ou construtor goza, até porque a sua situação num espaço de comércio tradicional pode vir a provocar a falência de muitos comerciantes.
Apesar dos alertas já feitos à Câmara Municipal e à opinião pública sobre o «apetite voraz» do grande comércio pelos espaços mais nobres da cidade, a verdade, conclui o PCP, é que a maioria absoluta do PS, continua a comportar-se «de forma autista e autoritária», sensível apenas ao grande poder económico.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: