Búlgaros cortam estradas
As manifestações de protesto dos agricultores búlgaros, em luta desde há um mês, atingiram um ponto culminante na jornada de 21, quando produtores se concentraram em vários pontos do país, erguendo barreiras nas principais estradas, designadamente nos acessos à capital Sófia.
Esta vaga de contestação foi provocada pela decisão da Comissão Europeia de congelar, em 23 de Julho, várias centenas de milhões de euros de apoios, como punição ao país acusado de fracassar na luta contra a corrupção e criminalidade organizada.
Na sequência de uma grande manifestação realizada em 13 de Agosto, os agricultores obtiveram do governo garantias de que as verbas previstas seriam suportadas pelo orçamento de Estado. Os produtores de leite chegaram mesmo a receber os montantes relativos ao mês de Março.
Todavia, temendo que estes pagamentos fossem considerados pela Comissão como ajudas estatais ilegais, o executivo de Sofia suspendeu o programa, explicando precisava do consentimento de Bruxelas.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: