Corrida da Festa
A mãe de todas as provas
Se todas as modalidades que integram o programa desportivo da Festa devem ser vistas sem distinções de qualquer espécie e colocadas no mesmo plano de importância, uma há, porém, que forçosamente merece ser destacada e erigida à qualidade de «rainha» de todas as provas. Trata-se da «Corrida da Festa», a primeira grande prova da época, acontecimento desportivo que registou a inscrição de 2061 atletas, nos diferentes escalões, e de 167 equipas.
Num percurso que se estendeu na envolvente à encantadora Baía do Seixal, na manhã de domingo, foi um longo serpentear de homens, mulheres e jovens, de todas as idades, infindável coluna de gente que inundou de cor e movimento as suas ruas.
Vinte e nove minutos e trinta segundos foi o tempo que o vencedor absoluto da prova, Eduardo Mdengani, do Grupo Desportivo e Recreativo Conforlimpa, precisou para cumprir os 10 Km desta prova que é sempre uma festa dentro da grande Festa organizada pelo PCP nesse espaço ímpar que é a Atalaia.
No final, em breves declarações, o jovem atleta que conquistou a taça em seniores masculinos não escondia a sua satisfação pelo resultado obtido numa prova que reputou de importante, deixando a promessa de voltar mais vezes à Festa, se possível já para o ano. Definindo o trajecto como «fácil», reconheceu em declarações ao Avante! o alto nível da organização, não lhe regateando aplausos, entre outras facetas, pelo cumprimento de horários, pela disciplina e pelo extraordinário ambiente de camaradagem e saudável competição.

Passaporte para a Grécia

Visivelmente satisfeita pelo resultado alcançado nesta sua participação – subiu ao primeiro lugar do pódio – estava também Ercília Machado, jovem atleta do Sporting Clube de Braga, equipa que colocou quatro atletas suas nos lugares de topo da classificação geral feminina.
Classificando-a de «muito interessante», afirmou ter gostado da prova e do seu próprio desempenho, não obstante «ter começado há pouco tempo» a época.
Valorizando esta sua primeira presença na «Corrida da Festa», enfatizou o facto de o resultado obtido lhe dar o passaporte para ir ainda este ano a uma prova a disputar em breve na Grécia.
O último atleta a cortar a meta, recebendo palavras de incentivo e aplauso quer ao longo do percurso quer das muitas pessoas que estavam junto à meta, instalada na área do lago, foi a atleta Isabel Crespo, do Valejas Atlético Clube.
Sorridente e bem disposta, não mostrando qualquer incómodo pela posição na tabela classificativa, nesta que foi a sua primeira presença na Corrida da Festa, afirmou ao Avante! que verdadeiramente importante, o que conta mesmo, é a «participação, o ambiente de amizade e o convívio». E esses, assegurou, foram uma marca distintiva nesta corrida.
Resta dizer que na classificação por equipas os três lugares cimeiros foram ocupados, por ordem decrescente, pelo Boavista do Pico (Açores), pelo Centro Cultural e Recreativo Alto do Moinho e pelo Sporting Clube de Braga.
O Avante! publicará no próximo número as tabelas classificativas não só do atletismo como das restantes modalidades que tiveram provas no último fim-de-semana na Atalaia.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: