A alternativa que se compromete com o interesse da população
CDU aposta no desenvolvimento de Vila Franca de Xira
Trabalho, honestidade e competência
A CDU de Vila Franca de Xira apresentou, durante um jantar onde participaram mais de 150 pessoas, Nuno Libório e Carlos Coutinho, como os seus cabeças de lista à Câmara e Assembleia Municipal. José Neves será o mandatário concelhio da CDU.
«A candidatura da CDU à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e às 11 assembleias de freguesia do concelho de Vila Franca assume-se como a única alternativa sólida para gerir os destinos do concelho, a alternativa que se compromete com o interesse da população, colocando-a no centro das suas opções», disse, na ocasião, Nuno Libório, lembrando que a coligação do PCP com o Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV) e a Intervenção Democrática «concorre com a experiência de quem esteve na linha da frente, de quem construiu as bases fundamentais e estruturantes do concelho.
O vereador comunista acusou ainda «os vários governos de diferentes composições e alianças que têm governado o País, praticando políticas de direita» e os «12 anos de gestão PS à frente da Câmara Municipal» de arrastar Vila Franca de Xira «para índices medíocres de bem-estar, com políticas reféns de interesses privados, que geraram um número vasto de más decisões, com repercussões no dia-adia dos que vivem ou trabalham neste concelho».
«O projecto da CDU para o município de Vila Franca foi, é e sempre será a força política que se distingue pelas suas diferentes opções, com uma postura de proximidade com aqueles que mais precisam, sempre ao lado das populações e dos seus justos interesses», disse ainda Nuno Libório, defendendo mais investimento «nos serviços públicos e na qualificação dos trabalhadores da Administração Local» e prometendo lutar «contra a privatização de serviços».
A CDU apostará, de igual forma, na reabilitação urbana, no apoio ao movimento associativo e popular e na concepção de novas acessibilidades. «Ao contrário do PS, não ficaremos reféns de interesses privados para executar as competências da autarquia», prometeu o candidato.
Esta iniciativa, que se realizou dia 27 de Fevereiro, no Hotel Leziria, contou com a presença de Dulce Arrajado, da Direcção Nacional do PEV, e Armindo Miranda, do Comité Central do PCP.

Confiança na vitória

No dia 1 de Março foi apresentado, durante um almoço com cerca de 170 pessoas, o primeiro candidato da CDU à Assembleia de Freguesia de Vialonga. José António Gomes, electricista, 55 anos, membro do actual executivo da Junta de Freguesia, é o homem que promete lutar por um futuro melhor para Vialonga. «Estamos com muita confiança porque acreditamos que as nossas ideias são as melhores para os que vivem na Freguesia», afirmou, reivindicando, como principal prioridade, a construção de uma escola secundária, de um quartel dos bombeiros e a abertura do Hospital da Flamenga como hospital de retaguarda, inserido no Serviço Nacional de Saúde. Defendeu ainda a Várzea de Vialonga contra qualquer descassificação da reverva agrícola para a instalação de equipamentos industriais ou de habitação.
No mesmo dia, num espectáculo no Grémio Dramático Povoense, que contou com um momento musical e outro teatral, Paulo Rodrigues, 37 anos, ferroviário, assistente de gestão, foi apresentado como o primeiro candidato da CDU à Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santa Iria.
Uma lista que conjuga a juventude com a experiência, que tem propostas e vontade de as concretizar. «Uma lista de trabalho, seriedade e empenhamento que pretende dar resposta e voz às justas aspirações da população do Póvoa. Uma equipa que, com a população e com os trabalhadores da Junta de Freguesia, contribuirá para uma melhor cidade», afirmou o candidato, que quer «ganhar as eleições». «A CDU é a única força política com condições, experiência e saber necessários para quebrar o bloqueio de desenvolvimento a que o PS sujeitou a Póvoa nos últimos anos», acrescentou Paulo Rodrigues.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: