A Marcha está a crescer
Por todo o País cresce a adesão à Marcha «Protesto, Confiança e Luta! Nova política para uma vida melhor», que a CDU vai realizar em Lisboa no dia 23 de Maio. Milhares de pessoas estão já inscritas para se deslocarem a Lisboa, quando ainda faltam mais de duas semanas para a sua realização. E muitas mais continuarão a inscrever-se nos próximos dias.
Os dados recolhidos até ao momento apontam para uma grande participação popular nesta grande acção de rua, que contará com vários motivos de animação, como cabeçudos, bandas e bombos. Em preparação estão já os panos, pancartas e carros alegóricos que levarão às ruas de Lisboa os problemas e as aspirações mais sentidos pelos trabalhadores e pelo povo, bem como as propostas concretas para uma nova política, para uma vida melhor.
Marcha de protesto, mas também de afirmação de uma nova política, ali estarão presentes algumas das mais significativas propostas da coligação – a melhoria dos salários, a garantia dos direitos dos trabalhadores, a criação de emprego, a nacionalização da banca e de outros sectores estratégicos da economia.
Desde já, é possível adiantar que os jovens trarão à Marcha os seus problemas concretos e a exigência da defesa e promoção dos direitos da juventude. De Lisboa, chegarão questões como a necessidade de defender o aparelho produtivo e valorizar o trabalho e os trabalhadores. Também os direitos, liberdades e garantias, tão frontalmente ameaçados pela política desde Governo, terá um lugar de destaque.
Já o distrito de Setúbal levará à Marcha, para além das propostas da CDU, as lutas dos trabalhadores da região, em especial os de grandes empresas como o Arsenal do Alfeite, a Lusosider ou a Lisnave. Também a luta das populações em defesa dos serviços públicos de saúde, transportes e água marcará uma forte presença. Os participantes de Leiria empunharão faixas reclamando «Abril de novo» e exigindo uma nova política.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: