Comunistas rejeitam vitimização e calúnias
É o PS que deve pedir desculpa
A Comissão Política do PCP reafirmou, segunda-feira, em conferência de imprensa, a sua posição – defendida, no próprio dia 1, por Francisco Lopes – acerca das provocações do PS na sequência dos incidentes registados na manifestação do 1.º de Maio. Transcrevemos na íntegra a declaração de Vasco Cardoso.

PCP recebido por Conferência Episcopal
Partilhar opiniões, encontrar soluções

Transformação das universidades em fundações
Rude golpe no ensino superior
A transformação das universidades em fundações de direito privado é um rude golpe no Ensino Superior público, afirmou, em Coimbra, o Secretário-geral do PCP.

Em várias empresas
Combater as chantagens e as pressões
Combatendo desânimos e mobilizando para a unidade e resistência dos trabalhadores, o PCP está diariamente presente nas empresas.

Repressão não pode ficar impune

Maio é um direito

Na Avenida da Liberdade
UGT retira pendões da CDU

Sintra contra o desemprego

Situação social no Porto agrava-se
É preciso uma nova política

Homem de cultura e militante comunista
Faleceu Vasco Granja

Carta à Direcção de Informação da RTP
PCP contra parcialidade e falta de rigor
A propósito dos incidentes verificados no 1.º de Maio, em Lisboa, a televisão pública prestou-se a um papel ditado por critério de falta de rigor e parcialidade, refere-se na carta enviada anteontem pelo Partido à Direcção de Informação da RTP.

Breves