Setúbal, Madeira e Sesimbra
CDU avança com toda a confiança
Ilda Figueiredo e Joaquim Judas, candidatos da CDU ao Parlamento Europeu (PE), visitaram, segunda-feira, o distrito de Setúbal. O dia começou em Almada, onde se fez uma grande acção de contacto com a população. Em seguida, acompanhada por Maria Emília, presidente da autarquia, a cabeça de lista ao PE foi almoçar ao refeitório das oficinas da Câmara de Almada, em Vale Figueira, onde lembrou que a Comissão Europeia, com a abstenção do PS, tentou fazer passar a proposta de alargamento da semana laboral para as 65 horas, mas que acabou por ser chumbada.
A meio da tarde, Ilda Figueiredo esteve na Autoeuropa onde manifestou solidariedade com os trabalhadores na «luta por um emprego com direitos». À porta da empresa foram entretanto distribuídos centenas de documentos da CDU. O périplo pelo distrito prosseguiu com contactos com a população de Alcochete.
À noite, no Seixal, num jantar-comício com mais de 600 pessoas, a candidata da CDU alertou para uma outra directiva comunitária, intitulada «cuidados de saúde transfronteiriços», que quer destruir o Serviço Nacional de Saúde.
«Lembram-se do ministro Correia de Campos? Lembram-se que foi graças às lutas das populações para defender os serviços de saúde, os hospitais, as urgências, que ele teve de sair? Sabem agora o que o PS fez ao senhor Correia de Campos? Meteu-o em quinto lugar da lista ao Parlamento Europeu, e eu penso que é por uma razão muito simples: eles querem que ele vá para lá para dar o seu jeitinho para acabar de aprovar esta directiva, e depois vir para cá e dizer assim: «eu tenho de pôr em prática a obra que comecei, porque Bruxelas obriga». E é assim que elas lá se fazem e cá se pagam», alertou Ilda Figueiredo. Num ambiente de festa e de grande confiança, estiveram ainda os candidatos João Ferreira e Cláudia Madeira.
Na sexta-feira, dia 22, Ilda Figueiredo esteve na Madeira, onde contactou com a população no mercado do Funchal e com os pescadores de Câmara de Lobos. A candidata da CDU almoçou, entretanto, com activistas do Partido Ecologista «Os Verdes» e, mais tarde, na Feira do Livro, participou numa sessão de autógrafos do livro Novos Rumos para Portugal e para a Europa. O dia terminou com uma arruada no centro do Funchal.
No dia 16, acompanhada por Cláudia Madeira, Ilda Figueiredo participou numa acção em Sesimbra e Quinta do Conde.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: