• Luís Gomes

Milhares de praticantes, centenas de clubes e muitos campeões
Festa do Avante!
<font color=0094E0>Uma grande Festa do Desporto</font>
Com um prestígio crescente, o desporto na festa do Avante! é uma dos maiores acontecimentos desportivos não federados a que Portugal assiste todos os anos. Neste, a organização garante ainda mais participantes, modalidades e colaborações do que no ano passado. Milhares de praticantes participam em competições e demonstrações, muitas de alto nível e outras, tradicionais.
Um grande, diversificado e empenhado grupo de trabalho assume anualmente as tarefas de organização e de logística necessárias ao crescente sucesso do desporto na Festa, tanto durante os três dias como nas eliminatórias e nos eventos de promoção que decorrem antes, um pouco por todo o País, começou por nos explicar Brázio Romeiro, um dos coordenadores de todo este trabalho, lembrando que isto «só é possível graças ao voluntarismo de um grande e empenhado grupo de pessoas».
Porque o desporto na Festa já atingiu um patamar de qualidade e de prestígio assinaláveis, este ano manter-se-á o tradicional figurino na Quinta da Alatalia, no recinto polidesportivo e no espaço circundante, enriquecido por um renovado conjunto de modalidades e por algumas melhorias infra-estruturais para garantir maior qualidade a quem pratica e a quem assista às demonstrações e competições.
«Analisando os pedidos de inscrição nas várias modalidades prevemos, desde já, um significativo aumento de atletas e do movimento associativo, ultrapassando as mais de 300 colectividades e associações desportivas, dados que, confirmando-se, traduzirão um aumento de mais 100 do que no ano passado», salientou Brázio Romeiro.
Entre os praticantes destaca-se vários campeões de alta competição, com prestígio nacional e mundial, que enriquecem ainda mais o evento incentivando cada vez mais público à prática desportiva.
Uma das modalidades de demonstração por excelência será, mais uma vez, o sarau de Patinagem Artística que contará com dois grupos desportivos, destacando-se uma muito especial exibição de Daniela Sardinha, do Clube da Liga de Melhoramentos e Recreio de Algés, campeã da Europa em 2007, actual campeã nacional que representará o País nos campeonatos da Europa, no próximo dia 24. No dia da exibição na festa completará o seu 14.º aniversário, revelou Paulo Júnior, da organização.

Futebóis para todos

Quanto ao Futsal, modalidade em crescendo um pouco por todo o mundo, estão confirmados 144 participantes entre jogadores, treinadores e dirigentes desportivos divididos em dois grupos. Um, será composto por cinco colectividades e outro por três equipas provenientes de quatro empresas, comprovando os fortes laços de fraternidade entre o PCP, o movimento associativo e as populações, considerou Paulo Júnior.
Outras modalidades em crescendo e cujas eliminatórias servem de divulgação da Festa são o Futebol de Praia e o Futebol de Cinco, acontecimentos que têm o apoio o Clube Desportivo do Fogueteiro, revelou António Mata, daquele clube e organizador destas competições.
No futebol de praia, oito equipas divididas em duas séries e cerca de cem atletas, dos 12 aos 70 anos, participaram «num agradável torneio nas praias de Sesimbra, no mês passado, que contou com uma grande afluência de público que encheu as bancadas para assistir a um evento que também serviu para divulgar a Festa», explicou. O vencedor foi o Serra e Mar, de Sesimbra.
No futebol de cinco participaram 42 equipas do distrito de Setúbal em várias eliminatórias que tiveram a participação de cerca de 1200 atletas, na maioria crianças até aos 11 anos, divididos por cinco zonas, devido à enorme afluência. Foram elas Almada, Seixal, Barreiro, Sesimbra e Setúbal. Os jogos decorreram em pavilhões, nos respectivos concelhos, com o apoio de colectividades desportivas, tendo-se apurado para a grande final na Festa o Beira-Mar de Almada, os Amarelos de Setúbal, o Fabril e o Sesimbra.
A Esgrima estará presente, na tarde de sábado, com o apoio da Federação Portuguesa de Esgrima, do seu seleccionador nacional, Mário Machado, e de atletas de alto gabarito.
Há também a possibilidade de se praticar Yoga durante a montagem e desmontagem de materiais de uma modalidade para outra, revelou Cristina Santos.
Outro momento especial e de grande importâncias será novamente a prática de Bóssia, a cargo do Núcleo de Paralisia Cerebral de Almada-Seixal.
Sendo o espaço polidesportivo junto ao campo de jogos uma surpresa renovada pela variedade de modalidades que apresenta em cada edição, além da exposição temática, desta vez subordinada ao tema, «O Movimento Associativo e o Desporto», não faltará o xadrez e outras modalidades de tabuleiro, referiu Raul Fernandes.

Saraus de Ginástica e de Dança

Oito colectividades e 170 praticantes nas modalidades Rítmica, Acrobática, Geral e Trampolins embelezarão o Sarau de Ginástica na Festa, revelou Cláudia Reis, da organização, tendo destacado a presença de campeões nacionais e internacionais nestas modalidades.
As Danças de Salão, a Dança Moderna e a Dança do Ventre apresentar-se-ão com quatro colectividades e cerca de 50 participantes. Por cortesia, os participantes são os mesmos do ano passado, por terem ficado impedidos de se exibirem devido ao mau tempo.

Desportos Tradicionais

Preservar modalidades tradicionais é um dos grandes objectivos dos torneios de malha na Festa. Na Malha Grande, o Torneio de apuramento decorreu no Grupo Desportivo e Cultural da Gambia, Setúbal, tendo-se apurado seis equipas para a finalíssima na Festa, no dia 5 de Setembro, sábado, explicou o organizador, Mário Cunha.
Na Malha Pequena, popularmente conhecida por xinquilho, a organização em parceria com a Associação Amizade Artense salientou as dificuldades provocadas pela diminuição do número de praticantes. Segundo Manuel Florindo e António Mestre, com esta iniciativa a Festa tenta preservar e dar continuidade a estas modalidades. Sessenta jogadores de seis equipas do distrito de Setúbal disputarão a competição na Atalaia, depois de terem efectuado um campeonato, em Julho, para divulgarem a Festa, dividido em seis jornadas. Após um interregno, estão mais duas agendadas para 29 e 30 deste mês, sendo as duas últimas disputadas na Festa, nas manhãs de sábado e de domingo entre a Associação Amizade Artense, a União Desportiva Banheirense, o Centro Desportivo do Barreiro, a União Pires, da Moita, a Ploricoop, de Alhos Vedros e a Vontade do Povo, da Moita.
A Malha tradicional, praticada por homens e mulheres tem a colaboração do Clube Recreativo da Cruz de Pau e do seu membro, Manuel Felício, que revelou terem já decorrido cinco jornadas, nos últimos dois meses, entre seis equipas masculinas (271 participantes) e quatro femininas (172 praticantes).
Na Malha Corrida, durante a Festa, os visitantes poderão dar o gosto à mão na malha, sendo esta a única destas modalidades aberta a todos que pretendam jogar, revelou o organizador, Mário Cunha, lembrando como este grupo de trabalho se tem empenhado em desenvolver cada vez mais actividades, antes e fora da Festa, no propósito de a promover e divulgar.

Matraquilhos, Artes Marciais e Boxe

Depois do enorme sucesso, na edição anterior, com os Matraquilhos, onde participaram mais de 2600 praticantes, este ano as mesas passaram de quatro para oito, para proporcionar que haja ainda mais praticantes, explicaram os responsáveis Vítor Fonseca e José Duarte, que previram uma participação, este ano, de mais de seis mil pessoas. O evento tem o apoio da Associação de Matraquilhos do Distrito de Setúbal, que efectuou uma competição de promoção da Festa, há duas semanas, onde participaram 16 equipas, tendo-se as melhores apurado para a final, provenientes das regiões de Lisboa, Algarve e Setúbal. A fase final ocorrerá no dia 6 de Setembro e estarão presentes campeões de juniores e de veteranos.
A Gala de Artes Marciais terá 12 modalidades e 27 combates com 54 lutadores e 11 clubes de Setúbal e de Lisboa, dos 30 aos 86 quilos, sendo 12 do sexo feminino. As disciplinas serão todas monitorizadas por associações e federações desportivas e contam com o apoio da Associação de Kick-Boxing de Lisboa. Ao todo, uma dúzia de disciplinas apresentar-se-ão ao mais alto nível num ringue de Boxe cedido pela Federação Portuguesa da modalidade, melhorado ao nível do estrado e das protecções, para dignificar o espaço e as práticas desportivas, revelou Hugo Cosntantino, que também salientou a participação do Ginásio Clube de Corroios.
Do Aikido ao May-Thay, do Judo à Capoeira e ao kick-boxing, «são tantos os pedidos de inscrição de clubes e tão variadas as modalidades que o espaço não comporta todas», afirmou.
Só o Boxe e o kick-boxing levarão à Festa mais de 50 atletas, destacando-se vários campeões do mundo e nacionais.

Desportos radicais

A Parede de Escalada será uma iniciativa assegurada pelo Grupo Desportivo do Bairro da Belavista com a Santa Casa da Misericórdia de Setúbal.
O Pára-quedismo ocorrerá da mesma forma que nos anos anteriores, domingo, antes do Grande Comício do PCP, com o apoio da Associação de Pára-Quedismo do Seixal e Almada, como explicou o seu elemento e organizador dos saltos na Festa, Cardoso Moleiro, que prevê a participação de 13 pára-quedistas.
Haverá também o já longo e famoso Slide de 150 metros, aberto aos visitantes que pretendam ter emoções fortes sobrevoando a zona do lago e onde participaram 500 convivas, no ano passado.

Homenagear António Joaquim

Durante décadas, o camarada António Joaquim ,recentemente falecido, chamou a si a responsabilidade da pesca desportiva na Festa, tendo dado provas, durante toda a sua vida, de uma grande dedicação à Festa do Avante! e ao Partido que a faz e onde militou durante toda a sua vida. Devido a esta perda difícil de reparar rapidamente, a Festa, este ano, não contará com a Pesca Desportiva. No ano passado, recorda-se, com a colaboração da Casa do Benfica da Baixa da Banheira contou com quase 400 participantes, durante a Festa. A memória de António Joaquim será assinalada, durante a Festa, num curto momento de homenagem.
A pesca regressará no próximo ano.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: