Festa do Avante!
<font color=0094E0>Um mundo para todos</font>
A Festa é um mundo. Ali há de tudo a todas as horas. Música, teatro, arte, debate político, convívio, comida e bebida, desporto… O sonho e a luta por um mundo melhor estão em toda a parte. Mas não há melhor do que explorar.
Das várias formas possíveis de iniciar esta visita guiada, optamos pelo coração da Festa do Avante!: o Pavilhão Central. Com uma arquitectura arrojada e sempre reinventada, é neste espaço que se fica a conhecer melhor o Partido que constrói e dá vida à Festa. Nos debates nas exposições, apreende-se como em nenhum outro espaço os seus valores, ideais, análises, projecto e propostas.
É também ali que estará patente a Bienal de Artes Plásticas, que reúne este ano obras de mais de 90 artistas, bem como o espaço das Tecnologias da Informação e Comunicação, dedicado, desta vez, à presença do PCP e da CDU na Internet. O Auditório de Projecção destaca este ano o cinema documental sobre nomes grandes da cultura portuguesa.
Lá mais acima está o Espaço Internacional, onde é a solidariedade quem mais ordena. Em dezenas de stands, bares e restaurantes é possível conhecer os sons, os sabores e as cores dos povos do mundo, mas sobretudo os seus sonhos e lutas. A crise do capitalismo e a alternativa do socialismo dão o mote.
Mesmo ao lado estará uma vez mais o Avanteatro, onde as artes de palco assumem o papel principal. Teatro, cinema documental e música compõem um programa para públicos de todas as idades e gostos. Uns metros mais abaixo fica a Festa do Livro, onde é possível adquirir a preços convidativos clássicos ou novidades, ouvir os autores e, até, conseguir arrancar um ou outro autógrafo.
Continuando a descer, até junto ao recinto do palco 25 de Abril, fica a Cidade da Juventude. Concebida, construída e assegurada por jovens, ali estão plasmados as suas aspirações e os combates que travam. No ano do seu 30.º aniversário, a JCP continua a transformar a vida e a construir o futuro.
Junto ao lago fica o Espaço Ciência, com as experiências, as observações, a aprendizagem, desta vez dedicado à vida no universo. A Física e a Astronomia voltam a marcar presença.
O desporto traz à Festa milhares de visitantes todos os anos e 2009 não será excepção. Para competir ou para divulgar as várias modalidades. E são dezenas delas, no polidesportivo, junto ao lago ou em espaços específicos. Destaque especial para a Corrida, no domingo de manhã.
Mas a Festa não seria a Festa sem os espaços das organizações regionais. Explorar todos estes pavilhões é obrigatório para quem quiser conhecer a Festa do Avante!, o PCP, e, sobretudo, o País. As surpresas são garantidas. As mulheres, as crianças, os emigrantes e os imigrantes têm também os seus espaços próprios.
Outros espaços de visita obrigatória são os palcos da Festa. Do 25 de Abril e dos grandes concertos ao 1.º de Maio com os seus sons envolventes, a qualidade é garantida. O Palco da Solidariedade, no Espaço Internacional, o Palco Novos Valores, na Cidade da Juventude, o Palco Arraial, o Café Concerto de Lisboa e os palcos de Setúbal, Alentejo e Santarém garantem também momentos musicais únicos.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: