Futuro incerto no Hospital de S. João da Madeira
Por iniciativa da CDU, a Assembleia Municipal de S. João da Madeira aprovou uma moção que alerta para a diminuição de prestação de alguns serviços de saúde, nomeadamente no Serviço de Urgência do hospital do concelho. «Hoje, com muita frequência, temos conhecimento de utentes que são encaminhados pelo INEM para o Hospital de Santa Maria da Feira que esperam muito mais tempo do que esperavam anteriormente no Hospital de S. João da Madeira», acentua o documento, que acusa a nova gestão dos três hospitais (S. João da Madeira, Oliveira de Azeméis e Santa Maria da Feira) de não se basear «em critérios de optimização do Hospital de S. João da Madeira». «O que temos assistido, nos últimos meses, é a subalternização do Hospital de S. João da Madeira, pondo em causa especialidades e serviços, como a Ortopedia, que tinha atingido níveis qualitativos consensualmente reconhecidos. Assistimos ao esvaziamento do hospital, o que nos leva a temer pelo seu futuro», acrescenta o documento.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: