Diálogo é «manobra»
«Pela parte do PCP, não enjeitando todas as possibilidades de debate para encontrar respostas sérias para os problemas do povo e do País, o que se reafirma é que as opções a adoptar, designadamente em sede de OE – no qual o debate parlamentar assume inegável centralidade -, devem claramente assumir o sentido de ruptura e mudança face à actual política de direita», mas «é sobre esta real e necessária disponibilidade para mudar de política que o convite do Governo é omisso» - afirma Bernardino Soares, numa declaração publicada no sítio do PCP na Internet.
O Partido reagiu assim «à manobra do Governo», após o ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, anteontem, se ter dirigido aos partidos, para aferir da sua disponibilidade para dialogar com o Governo sobre a proposta de Orçamento para 2010.
Na declaração daquele membro da Comissão Política do PC, salienta-se que a urgente resposta aos problemas do País «tem de ser encontrada sobretudo nas opções e soluções políticas».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: