Dia Internacional da Paz
Coimbra exige a dissolução da NATO

No âmbito da Campanha «Paz Sim! NATO não!», comemorou-se anteontem, em Coimbra, o Dia Internacional da Paz, iniciativa que contou com a distribuição de documentos à população, música e uma exposição sobre a «Paz e a NATO».

Com esta acção, que teve lugar na Praça 8 de Maio e em várias faculdades, repudiou-se «a realização da Cimeira da NATO em Lisboa e os seus objectivos belicistas», exigiu-se «a retirada de Portugal da NATO e o fim das bases militares estrangeiras em território nacional» e o «cumprimento das determinações da Carta das Nações Unidas e da Constituição da República Portuguesa, em respeito pelo direito internacional e pela soberania e igualdade dos povos». Os pacifistas reclamaram, de igual forma, «o desarmamento, o fim das armas nucleares e de destruição maciça e a dissolução da NATO».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: