Aconteu
Desemprego recorde na região Norte

A taxa de desemprego no Norte do País bateu novo máximo histórico no terceiro trimestre, fixando-se em 13,2 por cento, revela o relatório divulgado na terça-feira, 28, pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

«Este súbito agravamento foi sentido sobretudo entre as mulheres (cuja taxa de desemprego chegou a 16,3%) e os jovens (com 24,6%) – novos máximos históricos, em ambos os casos», salienta o organismo, notando que a taxa de desemprego subiu um ponto percentual face ao trimestre anterior.

O documento salienta ainda que «a diferença entre os níveis de desemprego regional e nacional registou também um novo máximo», dado que, «a nível nacional, a taxa de desemprego no terceiro trimestre foi de 10,9 por cento».

Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) apontam para 263 mil desempregados (mais 15,9% do que no período homólogo), enquanto o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) contabiliza apenas 245 mil desempregados registados (mais 8,5%).

O número de desempregados registados pelo IEFP aumentou mais de 20 por cento no último ano em 15 concelhos do Norte, tendo esse crescimento sido superior a 35 por cento em quatro deles, Miranda do Douro, Mirandela, Boticas e Penedono.


Polícias exigem demissão do ministro

A Associação Sindical dos Profissionais da PSP (ASPP/PSP) exige a demissão do ministro da Administração Interna, Rui Pereira, acusando-o de não cumprir as promessas.

Em ofício enviado, dia 23, ao primeiro-ministro, a ASPP/PSP considera que o actual titular da pasta «não reúne as condições necessárias para manter-se no cargo» e responsabiliza-o pela aprovação de um Estatuto Profissional «contra a vontade dos polícias.

A associação sublinha que caso José Socrates «não atenda esta exigência», serão decididas acções de protesto na primeira quinzena de Janeiro.


Ditador argentino condenado a prisão perpétua

O antigo ditador argentino Jorge Rafael Videla, de 85 anos, foi condenado, dia 22, a prisão perpétua por crimes contra a humanidade cometidos durante o regime fascista que dominou o país entre 1976 e 1983.

O Tribunal Federal de Córdoba condenou com a mesma pena o general Luciano Benjamín Menéndez e outros 14 réus, num total de 30, que estavam a ser julgados desde Junho naquela capital de província, situada a 800 quilómetros a Norte de Buenos Aires.

Esta foi a primeira sentença efectiva aplicada a Videla desde os processos de 1985, que já o tinham condenado a prisão perpétua. Contudo, em 1990, as penas foram anuladas por decreto do ex-presidente Carlos Menem.

Entre 1998 e 2008, Vilela foi colocado em prisão domiciliária após ser processado por roubo de bebés de presos políticos, crime não coberto pela amnistia, e a partir daí, em prisão preventiva.

Depois de em 2003 terem sido revogadas as leis da impunidade para os crimes da Junta Militar (que limitavam o tempo dos julgamentos e a patente dos militares que poderiam ser acusados), houve 20 julgamentos até ao final de 2009, com 67 condenações e sete absolvições.

Ao longo de 2010, a justiça argentina condenou mais 89 militares e civis por crimes cometidos durante a ditadura, dos quais 47 a prisão perpétua. Em 13 julgamentos, nove réus foram absolvidos. Cerca de 800 arguidos ainda aguardam julgamento.


Governo chileno detém assassinos de Víctor Jara

O Governo chileno ordenou, dia 22, a detenção de quatro militares acusados de terem sequestrado e assassinado o célebre cantor comunista Víctor Jara, logo nos primeiros dias após o golpe militar encabeçado por Augusto Pinochet, há 37 anos.

O processo foi interposto pelo Ministério do Interior, no âmbito do Programa de Direitos Humanos que se propõe desenvolver, e visa os antigos oficiais chilenos Hugo Sánchez, Edwin Dimter, Raúl Jofré e Rolando Melo, acusados de terem crivado de balas o cantor revolucionário.

Víctor Jara foi abatido na madrugada de 16 de Setembro de 1973, vitimado por 44 balas, no Estádio Chile, que hoje ostenta o seu nome, onde foram concentradas cinco mil pessoas.

A ditadura de Pinochet, que derrubou o governo de Salvador Allende, em 11 de Setembro de 1973, com o apoio directo dos Estados Unidos, é responsável pelo assassínio de milhares de pessoas até 1990, ano em que o democrata-cristão Patricio Aylwin assumiu a presidência na sequência de eleições.



Resumo da Semana
Frases