Estão previstas cinco grandes iniciativas para o mês de Março
Comemorações dos 90 anos do PCP
Afirmar os valores e o projecto do Partido

As comemorações do 90.º aniversário do PCP, dirigidas prioritariamente aos trabalhadores e à juventude, serão marcadas por centenas de iniciativas em todo o País, muitas delas com expressão de rua.

Image 6783

Num comunicado do seu Gabinete de Imprensa, emitido ontem, o PCP explicita de que constarão as comemorações do seu 90.º aniversário, que se assinala no dia 6 de Março. Estas comemorações representarão um «momento alto da intervenção e afirmação política dos valores, da história, do ideal e do projecto político do PCP que, pela sua dimensão, e abrangência, traduzirão o significado político que esta data tem para a luta dos trabalhadores e do povo português, projectando-se com diferentes expressões ao longo de todo o ano de 2011».

Previstas estão já cinco grandes iniciativas no mês de Março, com a participação do Secretário-geral do Partido: no dia 4 em Lisboa; a 6 no Seixal; no Porto a 12; no Funchal no dia 18; e dois dias depois no Alentejo. A par destas, serão concretizadas centenas de outras acções, como debates, exposições, convívios, iniciativas artísticas, culturais e desportivas, almoços e jantares – que representarão, no seu conjunto, «uma grande participação de massas».

A nota adianta ainda que as comemorações dos 90 anos do PCP serão dirigidas prioritariamente aos trabalhadores e à juventude e contarão com uma «importante presença de rua», através de cartazes mupi e outdoors, e com acções junto das empresas e locais de trabalho e das escolas. O tratamento e valorização da imprensa partidária – o Avante! e O Militante – e do sítio do Partido na Internet fará também parte destas comemorações, que terão também expressão numa exposição a realizar na Festa do Avante!, marcada para 2, 3 e 4 e Setembro.

 

Reforçar o Partido e a luta

 

As centenas de iniciativas e acções a realizar em torno das comemorações do aniversário do Partido, que decorrerão sob o lema aprovado pelo Comité Central Liberdade, democracia, socialismo – Um projecto de futuro, serão «abertas à participação e envolvimento dos trabalhadores, da juventude e dos democratas», salienta-se na nota. Que realça ainda o destaque dado ao reforço do PCP, concretizando os objectivos da acção Avante! Por um PCP mais forte, «em particular no recrutamento e responsabilização de novos militantes, na criação de células de empresa, no intensificação da intervenção partidária, na venda da imprensa do PCP, designadamente do Avante!, no reforço da independência financeira do Partido».

Estas comemorações são também uma oportunidade, acrescenta-se, para o «aprofundamento da reflexão, com a realização de debates sobre questões de flagrante actualidade política e ideológica», onde se insere a divulgação e estudo da obra teórica de Álvaro Cunhal e as comemorações dos centenários do nascimento dos escritores Alves Redol e Manuel da Fonseca, bem como do 110 anos do nascimento de Bento Jesus Caraça, reconhecidos militantes comunistas.

No comunicado do Gabinete de Imprensa do PCP salienta-se ainda que as comemorações dos 90 anos do PCP são «inseparáveis do actual momento político» e que se inserem na luta por uma ruptura com a política de direita, apelando à «mobilização de todos aqueles que, atingidos pelas injustiças, indignados com o actual rumo do País, reclamam uma mudança na vida nacional que concretize uma política patriótica e de esquerda». Constituirão, em suma, uma «importante afirmação de um partido orgulhoso da sua história, profundamente ligado à vida, necessário e insubstituível para o presente e para o futuro de Portugal, e que reafirma a sua determinação e confiança na luta pela liberdade, pela democracia e pelo socialismo».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: