Aconteu
Privatização ameaça «Linha do Sado»

 

No dia 31 de Março foi eleita, na Estação do Pinhal Novo, a nova direcção da Comissão de Utentes da «Linha do Sado».

Ali, foi aprovado um comunicado – destinado aos utentes, CP, REFER, grupos parlamentares da Assembleia da República e comunicação social – onde se saúda «todos os que nesta longa luta apoiaram a acção reivindicativa dos utentes».

«Precisamos de poder continuar a contar com o precioso apoio de todos em defesa deste serviço, para que haja condições da CP servir bem os utentes e as populações, bastando apenas que a Linha do Sado tenha um funcionamento normal, o que envolve a CP, a REFER e, directamente, o ministro da tutela», adverte a comissão de utentes, que não aceita o facto de, uma vez remodelada e electrificada a linha, «os horários não sejam regularmente cumpridos» e «composições fiquem paradas com avarias, obrigando à supressão de comboios».

Problemas que têm como principal responsável a tutela. «Não se compreende que as estações e apeadeiros não tenham vigilância nocturna, deixando com isso o caminho aberto ao vandalismo e à desprotecção das pessoas», criticam os utentes, que estão ainda preocupados com a «ameaça de privatização das linhas suburbanas da Área Metropolitana de Lisboa».


FC Porto campeão

Com 23 vitórias e dois empates no conjunto das jornadas já decorridas na Liga Profissional de futebol, o FC Porto garantiu a conquista do seu 25.º título de campeão. A confirmação do triunfo portista ocorreu depois de uma vitória por 2-1 frente ao SL Benfica, campeão em título.

Em nota enviada ao FC Porto, a Direcção da Organização Regional do Porto do PCP saudou os novos campeões nacionais, «desejando que os sucessos alcançados contribuam para o desenvolvimento do desporto nacional».


Solidariedade com os Cinco

Quando se comemora, a 17 de Abril, o 50.º aniversário da derrota dos mercenários cubanos que desembarcaram na Playa Girón a soldo dos EUA, conhecida por Baía dos Porcos, na primeira tentativa de derrubar o governo revolucionário, o Núcleo de Setúbal da União de Resistentes Antifascistas Portugueses, em Assembleia-Geral, aprovou uma moção de solidariedade com os Cinco patriotas cubanos presos injustamente por recolherem provas da preparação de actos terroristas contra Cuba.

«Ao entregá-las [as provas] ao FBI, este instrumento ao serviço do grande capital e do imperialismo prendeu-os e deixou à solta os criminosos, plenamente identificados», salienta a URAP no documento, informando que a campanha pela libertação de os Cinco «tem sido, tal como em todo o mundo, constante no nosso País, a partir de largos sectores da opinião pública e forças progressistas». «É com a mesma confiança de que mais cedo que tarde regressarão à sua terra, para junto do seu povo e dos seus familiares, que daqui os saudamos», salientam os antifascistas portugueses.


Radioactividade alarmante

Image 7152

Foto LUSA

O nível de iodo radioactivo nas águas próximas à central de Fukushima superam 5 mil vezes o limite legal, e o nível de césio-137 excede 1,1 milhão de vezes a norma, informou, segunda-feira, a empresa que explora a instalação nuclear.

A Tepco revelou ainda que os trabalhadores e técnicos procuram apurar os canais de fuga através dos quais a água radioactiva chega ao mar. Simultaneamente, continuam a enfrentar problemas no arrefecimento dos reactores 1, 2 e 3 de Fukishima.

Também na segunda-feira, a companhia privada iniciou o transvase de 11 mil e 500 toneladas de água contaminada para o mar. O objectivo é libertar espaço para armazenar líquido muito mais radioactivo alojado nos reactores 1 e 3.

A Agência Internacional de Energia Atómica revelou, paralelamente, que 21 trabalhadores envolvidos nas operações da central nuclear apresentam sinais de alterações genéticas em resultado da radicação.

Entretanto, o governo japonês actualizou para mais de 12 mil mortos o total de vítimas do sismo e maremoto que atingiu o país a 11 de Março. Mais de 15 mil pessoas continuam desaparecidas, e cerca de 160 mil permanecem em alojamentos precários.


Queima do Corão provoca ira

Image 7153

Foto LUSA

Milhares de afegãos continuam a contestação em todo país, irados com a queima de um exemplar do Corão, livro sagrado dos muçulmanos, por parte de um pastor evangélico norte-americano. Os fiéis consideram o acto uma provocação às suas convicções religiosas, sentimento acrescido ao repúdio pela ocupação do país.

Os protestos violentos já provocaram 21 mortos, entre os quais um soldado das forças armadas do governo de Hamid Karzai, e numerosos feridos durante os confrontos com a polícia.

As manifestações começaram depois de o pastor Terry Jones, líder de uma congregação do Norte da Flórida, ter incinerado publicamente o Corão, a 20 de Março. Jones veio, posteriormente, afirmar que não se arrepende do acto e que está disposto a arriscar a sua vida e a dos soldados norte-americanos.

As autoridades dos EUA, por seu lado, descartaram tomar qualquer medida contra o pastor.



Resumo da Semana
Frases