Breves
«70 Anos, Uma Vida»

A ex-deputada do PCP Odete Santos vai ser homenageada com um espectáculo de música e poesia, organizado pela Câmara de Setúbal e por um grupo de amigos, no dia 26 de Abril, data em que completa 70 anos. «70 Anos, Uma Vida» é o lema da iniciativa em que participam Lena Guerra, Albano Almeida, Helena Mendes e Paulo Sequeira, que vão interpretar, a partir das 21.30 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, temas musicais e textos que acompanharam a vida de Odete Santos.


Mais um «roubo»

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) classificou, em nota de imprensa, de «um roubo» aos agricultores a criação de legislação comunitária de patentes de sementes. «A consumar-se este autêntico crime de lesa-humanidade, os agricultores não vão poder apurar, utilizar e comercializar aquelas sementes que são seu património histórico e de profissão», salienta a CNA, explicando que perdem também os consumidores, que «vão deixar de encontrar hortícolas, certos frutos e cereais produzidos livremente pelos seus legítimos cultores a partir das sementes mais genuínas e mais naturais».


Outro caminho

Depois de um encontro, na quarta-feira, com José Sócrates, o Partido Ecologista «Os Verdes» condenou o recurso do Governo a «uma intervenção externa» com a participação do FMI como «solução» para Portugal ultrapassar a crise financeira. «"Os Verdes" sempre disseram que havia outro caminho diferente do recurso ao pedido de intervenção externa por parte do FMI e que passava pela exigência, junto da Comissão Europeia, da reestruturação da dívida», afirmou José Luís Ferreira, referindo que «os sacrifícios não poderão continuar a ser para os mesmos». «Podemos tributar as mais-valias em sede de IRS ou pôr a banca a pagar uma taxa de IRC semelhante à tributação que é feita junto das pequenas e médias empresas», sustentou.


Melhor ambiente

No dia 12 de Abril, foi inaugurada a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) Barreiro/Moita, uma obra, orçada em 17 milhões de euros, destinada a tratar cerca de 90 por cento dos efluentes dos concelhos do Barreiro e da Moita.


Mais médicos

O Movimento de Cidadãos Independentes em Defesa das Urgências em Vendas Nova exigiu, na semana passada, a contratação de mais médicos para o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do centro de saúde local.

«Sempre reivindicámos a criação de um Serviço de Urgência Básica (SUB), que tem mais médicos e melhores condições, mas se não há essa intenção, então que melhorem este serviço com a contratação de mais médicos», afirmou, em declarações à Lusa, Anabela Vagarinho.

Na quarta-feira, mais de uma centena de utentes de Benavente concentraram-se junto do SAP local contra a eliminação de um médico no horário das 8 às 9 horas desde 1 de Abril. Para Domingos David, da Comissão de Utentes, «mais do que o que se passa nessa hora em concreto, é o princípio que lhe está subjacente», afirmou, recordando: «a ministra comprometeu-se a termos o serviço aberto durante 24 horas e é isso que temos que exigir».

A prestação de cuidados médicos no SAP de Benavente é assegurada, no período entre as 8 e as 20 horas, por uma empresa de prestação de serviços de saúde contratada, enquanto que entre as 20 e as 8 horas os turnos são cumpridos por médicos do Serviço Nacional de Saúde.


Estudantes em bolsas

Largas dezenas de estudantes da Universidade de Évora participaram, quinta-feira, num protesto contra as alterações na atribuição de bolsas de estudo. Vários estudantes, a quem ainda não foram pagas as bolsas, estão a passar por graves dificuldades económicas.


«40 anos a cantar»

A cantora Luísa Basto apresentou, sexta-feira, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, o seu último trabalho – «40 anos a Cantar o Povo e a Liberdade» – acompanhada pelo Grupo Scala, dirigido por Manuel Gomes. O  CD/DVD, das Edições Avante!, é dedicado à carreira da artista e inclui poemas de António Henrique e músicas de João Fernando, Manuel Gomes, Fernando Gomes e José Alberto.