Todos ao 1.º de Maio!

Image 7381

O movimento sindical unitário comemora o Dia Internacional dos Trabalhadores com iniciativas em mais de 60 localidades de todo o País, sob a palavra de ordem «Contra as injustiças, mudar de políticas». Destacam-se as manifestações em Lisboa (a partir das 15 horas, do Largo de Martim Moniz para a Alameda D. Afonso Henriques), no Porto (concentração às 15 horas, na Avenida dos Aliados, seguida de desfile pelas ruas da baixa) e em várias capitais de distrito. Em diversas localidades, a comemoração mantém um tradicional carácter de festa e convívio.

No manifesto que tem servido de base à mobilização, a CGTP-IN salienta que este 1.º de Maio culmina as grandes lutas recentes dos trabalhadores e de sectores muito diversos da população, devendo tornar-se num poderoso protesto contra a precariedade e as injustiças, contra o desemprego e os baixos salários e pensões, pela valorização do trabalho e da produção, por uma sociedade mais justa. Este será «um 1.º de Maio da esperança e confiança de que, com a vontade, a unidade e a luta de quem trabalha, é possível construir alternativas para um Portugal com futuro».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: