O programa do Governo mata a nossa economia

Portugal em risco

Com o PCP é possível dar a volta a isto

Despedimentos, cortes nos salários, privatizações
Um programa de ruína económica e miséria social

O programa do novo Governo, que leva à prática as medidas de sujeição acordadas pelo PSD, CDS-PP e PS com o FMI e a União Europeia, conduzirá o País à ruína económica e à miséria social.



Exigência do PCP reconhecida
É necessário renegociar a dívida pública

O PCP apresentou formalmente na Assembleia da República, a 21 de Junho, uma proposta de renegociação da dívida pública articulada com outras medidas visando o crescimento económico, a criação de emprego, a defesa dos interesses e da soberania nacional.

A exigência da renegociação imediata da dívida pública portuguesa, que o PCP foi pioneiro a propor (a 5 de Abril de 2011), ganha redobrada actualidade e apoios de diversos quadrantes à medida que o tempo passa.

 



PCP apresenta propostas concretas
Condições para a renegociação

O PCP advoga que a renegociação imediata da dívida pública com os credores do Estado português que deve ser formalmente solicitada pelo Governo no prazo máximo de trinta dias e que deve assegurar as condições que se seguem.



Vamos em frente pela democracia, pelo socialismo

São grandes os perigos e ameaças que pesam sobre os trabalhadores, o nosso povo e o próprio regime democrático de Abril e que exigem um Partido cada vez mais preparado, mais forte, mais activo, mais interventivo, ainda mais ligado aos problemas, aos trabalhadores, às grandes massas, capaz de dinamizar e dar um novo ímpeto à luta.