Comício em Lisboa, por uma «política patriótica e de esquerda»
O nosso lugar será sempre deste lado

Mais de um milhar de pessoas participou, sexta-feira, em Lisboa, num comício, que tinha como lema «Com o PCP uma política patriótica e de esquerda», e se exige «emprego, produção e justiça social». Mais uma grande jornada de luta, de gente determinada, que continua a acreditar no Partido que está a comemorar 90 anos de vida, «que nasceu, vive e projecta o seu futuro sempre a pensar servir os trabalhadores e o nosso povo». «O nosso lugar será sempre deste lado, do lado da trincheira dos que não abdicam de construir uma sociedade alternativa liberta da exploração», afirmou Jerónimo de Sousa.



Ruptura com o actual rumo de desastre
Fazer frente desde já!

Jerónimo de Sousa, no comício de Lisboa, defendeu a urgência de uma ruptura com o actual rumo da vida nacional e a concretização de uma política patriótica e de esquerda capaz de dar resposta aos problemas do País, vencer as dificuldades e assegurar o seu desenvolvimento.



PCP reage aos dados do Banco de Portugal
Cenário de desastre nacional

É a confirmação do «cenário de catástrofe económica e social», considera o PCP numa reacção ao conteúdo do Boletim de Verão do Banco de Portugal divulgado anteontem.



PCP apresenta propostas na Assembleia da República
Realidade dramática no Porto

Na segunda-feira foi apresentado, publicamente, o Projecto de Resolução que o PCP entregou na Assembleia da República, recomendando ao Governo a implementação no distrito do Porto de um plano de combate à precariedade e promoção de emprego com direitos.



Comunistas apelam à luta contra a política de direita
Clima de medo em Évora

A Comissão Concelhia de Évora do PCP realizou, há dias, uma reunião alargada com a participação de activistas e dirigentes sindicais e associativos, para analisar as medidas anunciadas pelo Governo e os efeitos que as mesmas terão no agravamento da degradação das condições de vida de todos os trabalhadores e da população do concelho.



Festas de Verão

Vila Real e Ovar
Contra as inevitabilidades da crise

Convívio na Quinta da Atalaia
Dar voz aos problemas das pessoas com deficiência

Na passagem do 69.º aniversário do seu assassinato
Homenagem a Ferreira Soares

Nomeação vergonhosa em Grândola

Bento de Jesus Caraça evocado na Moita

Almada
Em defesa dos moradores do Bairro «Cor de Rosa»

Loulé
Afinal quem conspurca o quê?

Faleceu Filipe Alexandre Maurício

Breves