PCP no aniversário<br> dos comunistas sul-africanos

Image 8202

A convite do Partido Comunista da África do Sul (PCAS), Jorge Cordeiro, membro da Comissão Política do PCP, participou nas iniciativas comemorativas do 90.º aniversário daquele partido, realizadas na cidade de Durban. Do programa comemorativo desta importante data para os comunistas, os trabalhadores e o povo sul-africanos, constaram dois eventos marcantes: o jantar de aniversário que reuniu os principais quadros da direcção nacional e das direcções provinciais do partido, bem como outros convidados nacionais e estrangeiros; e o particularmente marcante comício que encheu por completo o estádio de Claremont, reunindo mais de 20 mil participantes.

Em ambas as iniciativas, onde intervieram os principais dirigentes do PCAS, designadamente o secretário-geral, Blade Nzimandi, estiveram presentes os dirigentes das forças que compõem a Aliança tripartida que governa o país (a central sindical COSATU e o Congresso Nacional Africano). Assumiu particular significado a presença e a intervenção em ambas as iniciativas do Presidente da República, Jacob Zuma, a quem o PCP apresentou calorosos cumprimentos em nome da sua direcção e do Secretário-geral, e a quem reiterou a sua activa solidariedade e votos de sucesso na concretização da revolução nacional e democrática.

Na mensagem endereçada, o PCP expressou a sua satisfação por poder estar presente nestas comemorações que são, em si mesmo, o reconhecimento pela «longa e heróica história do PCAS contra o colonialismo, a exploração e a opressão capitalistas», evocando o «percurso comum que liga os dois partidos na luta contra o fascismo e o colonialismo em África, designadamente no apoio ao luta de libertação nas ex-colónias portuguesas».

O PCP sublinhou também o seu apoio à acção dos comunistas sul-africanos pela consolidação do caminho para o progressivo desenvolvimento do país e pela elevação das condições de vida dos trabalhadores e do povo. Na ocasião, o PCP expressou igualmente os votos do prosseguimento e reforço das relações de amizade entre os dois partidos, designadamente na acção e contribuição comum para fortalecer o movimento comunista internacional.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: