Aconteu
Vice-campeões saudados em Lisboa

f

Image 8362

Foto LUSA

A selecção nacional de sub-20 aterrou, na tarde de segunda-feira, em Lisboa, onde foi recebida por centenas de pessoas que esperavam pelos vice-campeões mundiais de futebol.

A prestação da equipa nacional, que disputou a final mundial de futebol sub-20 frente à selecção do Brasil, foi elogiada pelo seleccionador, Ilídio Vale, para quem a qualidade dos jogadores portugueses é «reconhecida mundialmente».

O resultado da noite de domingo, na Colômbia, onde a partida se saldou pela vitória do Brasil por 3-2, recordou a milhões de adeptos a vitória portuguesa na competição, alcançada em 1991, no Estádio da Luz, pela «Geração de Ouro» de então.


Milhão e meio sem médico de família

Cerca de 1,5 milhões de portugueses não têm médico de família, revelou o relatório da actividade dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da Administração Central dos Serviços de Saúde (ACSS).

Segundo o relatório, divulgado dia 19, as regiões Lisboa e Vale do Tejo e Algarve apresentavam um rácio de 6,4 médicos por dez mil habitantes, abaixo da média nacional de 6,8 médicos.

Os dados relativos a 2010 indicam que as regiões com maior número de consultas per capita são o Alentejo e o Centro. Na região de Alentejo, por exemplo, concretizam-se 35 por cento mais consultas per capita do que a média nacional (2,9 consultas per capita), o que parece estar relacionado o maior índice de envelhecimento.


Raúl Ruiz deixa obra monumental

Image 8363

O cineasta chileno, Raul Ruiz, falecido dia 19 em Paris, aos 70 anos, deixou um legado de mais 100 filmes rodados ao longo da sua carreira de realizador. Depois e ter escrito mais de uma centena de peças de teatro entre 1956 e 1962, estreou-se no cinema em 1962, conquistando o Leopardo de Ouro, em Locarno, logo em 1968. Apoiante do governo de Salvador Allende, é forçado a exilar-se na sequência do golpe fascista em 1973. Em França fixa residência e desenvolve o seu trabalho. Mas interessa-se também por Portugal, onde vem a rodar nove longas-metragens, de que se destaca o premiado Mistérios de Lisboa, filme baseado na obra homónima de Camilo Castelo Branco.


Faleceu autor de <i>Iznogoud</i>

Jean Tabary, o pai da famosa personagem Iznogoud, faleceu dia 18, em França, com 81 anos. Iniciou-se como desenhador em 1956, trabalhando no semanário francês de banda desenhada Vaillant. Várias das suas personagens conhecem grande notoriedade, como é o caso de Corinne e Jeannot, publicadas na série Pif Gadget, do jornal l’Humanité, nos anos 70 e 80. Mas nenhuma ultrapassará o êxito das histórias de Iznogoud, o malvado vizir que tudo faz para roubar o lugar ao bonacheirão califa, terminando todas as suas tentativas numa inevitável catástrofe. Criada em parceria com René Goscinny, em 1962, esta série vendeu dez milhões de álbuns em todo o mundo.


Pintor Barata Moura <br>homenageado no Fundão

Image 8365

A Câmara Municipal do Fundão homenageou, no sábado, 20, o pintor Barata Moura, natural do concelho, que completou 100 anos de vida em Janeiro último.

A sessão decorreu durante a inauguração de uma exposição com 40 trabalhos do artista beirão sobre a Serra da Gardunha, que estará patente até dia 31 de Outubro, no Palácio do Picadeiro, na vila de Alpedrinha.

Na ocasião foi exibido um documentário sobre a vida e obra do pintor, que é pai do músico, professor e filósofo, José Barata-Moura.

A homenagem incluiu ainda um salão de pintura ao ar livre para pintores amadores em plena Serra da Gardunha.


Bienal de Cerveira<br>coopera com Cuba e Brasil

A direcção da Bienal Internacional de Arte de Vila de Cerveira, cuja 16.º edição terminou dia 17, assinou um acordo de cooperação com as congéneres cubana e brasileira, de Havana e Curitiba, que prevê um encontro das três organizações para 2013.

Nesse ano, as bienais de Havana e de Cerveira estarão representadas na sétima edição da Bienal de Vento Sul, Curitiba, no Brasil. «O fim último é a promoção da arte, através da troca de experiências entre as três bienais», que «são três marcas de grande prestígio internacional», referiu a direcção da bienal de Cerveira, citada pela Lusa.


Protestos na produtora da <i>TVI</i>

Actores e técnicos da Plural Entertainment, a produtora de toda a ficção nacional da TVI, estão descontentes com as condições de trabalho na empresa. Segundo declarações ao Diário de Notícias (19.08) de um grupo de pessoas não identificadas, a situação é caracterizada por horários abusivos e um clima de repressão.

Os protestos podem ler-se nas inscrições pintadas na estrada de acesso aos estúdios em Loures e nas placas de sinalização: «Plural = fascismo ibérico» e «TVI novelas = exploração». «Isto é mesmo exploração. São 12 horas de trabalho por dia, sem fins-de-semana e feriados», afirmou ao DN um trabalhador da Plural, que manteve o anonimato por recear represálias.



Resumo da Semana
Frases