Aconteu
Dívida pública atinge 106,6 por cento do PIB

A dívida pública portuguesa atingiu os 106,6 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre deste ano, subindo mais de 12 pontos percentuais face aos primeiros três meses de 2011, quando se situava em 94,4 por cento do PIB.

De acordo com os dados do Banco de Portugal, divulgados dia 20, o valor da dívida do Estado é de 184,1 mil milhões de euros, montante que equivale a cerca de 17 400 euros por cada português.

Em 2000, a dívida pública representava 48,7 por cento do PIB, e só em 2005 ultrapassou o limite do Pacto de Estabilidade, fixando-se em 61,7 por cento do PIB. É a partir de 2007, quando rebenta a bolha financeira nos EUA, que começa a escalada. Logo nesse ano atinge os 68,3 por cento, sobe para os 71,6 por cento em 2008, para 83 por cento em 2009 e alcança os 93,5 por cento em 2010. Este percurso ascendente continuou nos primeiros meses do ano, apontando as previsões para novos agravamentos nos anos seguintes.


Banqueiros com salários principescos

Image 8912

Os banqueiros portugueses estão na lista dos mais bem pagos da Europa, segundo revela um estudo publicado, dia 22, pelo jornal francês Le Parisien. Num conjunto de 13 países, as remunerações dos executivos financeiros lusos ocupam o nono lugar, com uma média de 845 mil euros anuais.

No topo estão britânicos (5,7 milhões de euros), logo seguido dos suíços (4,4 milhões) e dos espanhóis (3,7 milhões). Seguem-se os alemães (3,3 milhões), italianos (1,9 milhões), suecos (1,3 milhões), austríacos (1,2 milhões) e franceses (865 mil euros).

Os mais «comedidos» são os dinamarqueses (796 mil euros), os holandeses (623 mil euros), os noruegueses (537 mil euros) e os belgas (250 mil euros).


ETA anuncia fim da luta armada

Image 8913

Dois dias após a organização independentista ETA ter anunciado o fim definitivo das acções armadas, dezenas de milhares de bascos manifestaram-se, dia 22, em Bilbau exigindo «uma solução política para o País Basco».

Reconhecendo que «a paz é uma aspiração da maioria dos cidadãos», os organizadores da marcha defendem que uma paz «total, democrática e definitiva só poderá ser possível com o apoio e a participação da sociedade».

Num comunicado divulgado dia 20, a ETA declarou o seu «compromisso claro, firme e definitivo» de «superar a confrontação armada», apelando nesses sentido «aos governos de Espanha e França e para que abram um processo de diálogo directo», destinado a solucionar «as consequências do conflito»


França vende fragatas à Grécia

Image 8914

A França terá feito uma proposta «irrecusável» à Grécia para garantir o fornecimento de duas a quatro fragatas, construídas pelo grupo de armamento naval DCNS. De acordo com a revista alemã Spiegel (17.10), os navios, seriam entregues a custo zero por um prazo de cinco anos, após o qual o país poderia adquiri-los com um desconto de 100 milhões de euros ou devolvê-los à marinha francesa.

Os concorrentes alemães não tardaram a reagir, recordando, numa missiva ao governo alemão, que a Grécia está a ser financiada pelo FMI e a UE, e que o provável perdão de uma parte da dívida do país recairá sobre a Alemanha.

«Enquanto os estaleiros alemães não têm encomendas, o DNCS e os estaleiros gregos são subvencionados e mantidos, provavelmente, com dinheiro alemão», queixa-se o gigante industrial ThyssenKrupp.

Já no início do mês, segundo a revista Hellenic Defence & Technology, o governo dos EUA aprovou a entrega de 400 tanques M1A1 Abrams à Grécia, avaliados em várias dezenas de milhões de euros.


EUA retiram do Iraque

Image 8915

Oito anos e nove meses após invadirem o Iraque, os EUA anunciaram, dia 21, a retirada total, até ao final do ano, das suas forças militares, onde ainda permanecem perto de 50 mil soldados.

Na invasão, ordenada pelo presidente George W. Bush em Março de 2003, foram utilizados 120 mil soldados, mas o contingente militar chegou a dispor de mais de 160 mil militares.

Ao todo, mais de um milhão de homens e mulheres foram mobilizados para o terreno, onde, segundo números do Pentágono, perderam a vida 4421 soldados e civis norte-americanos e 31 921 ficaram feridos, para além de um custo que ultrapassou os 800 mil milhões de dólares.



Resumo da Semana
Frases